Campo Grande/MS, Terça-Feira, 26 de Setembro de 2017 | 05:03
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 12 de Setembro de 2017, 16h:13
Tamanho do texto A - A+

Projeto de lei determina a instalação de banheiros químicos adaptados

A Lei 3.777 determina a instalação de banheiros adaptados nas feiras livres, culturais e artesanais

Fernanda Freitas
Capital News

Toninho Souza

Projeto de lei determina a instalação de banheiros químicos adaptados

Projeto de Lei (PL) 115/2017 é de autoria do deputado Renato Câmara (PMDB)

Os deputados estaduais apreciaram durante a Ordem de Dia desta terça-feira (12) quatro propostas. O destaque é a aprovação, por unanimidade, ao Projeto de Lei (PL) 115/2017, de autoria do deputado Renato Câmara (PMDB), que dispõe sobre a obrigatoriedade de colocação de banheiros químicos adaptados às pessoas portadoras de necessidades especiais em eventos realizados no Estado.

“Tem muitas pessoas com deficiência que acabam desistindo de ir a um show, constrangidas, por não terem acesso aos banheiros. Esse projeto vai instrumentalizar o Estado a disponibilizar e poder garantir direitos”, afirmou Renato Câmara.

No Brasil, segundo o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem 45,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa quase 24% da população. A quantidade de banheiros adaptados será estabelecida em regulamento, observados os critérios de proporcionalidade que levam em conta a natureza e especialmente a estimativa de público para o evento. “Os portadores de necessidades especiais enfrentam a todo o momento dificuldades de locomoção ou de acesso a local de uso comum, que se agravam quando frequentam lugares de grande concentração de pessoas, como shows. Grande parte dos eventos artísticos e culturais é realizada sem infraestrutura adequada”, destacou o deputado.

A Lei 3.777 determina a instalação de banheiros adaptados nas feiras livres, culturais e artesanais. No entanto, a legislação não trata de outros eventos. “Queremos que a lei atinja todos os eventos públicos em geral. Caso seja desrespeitada, será cobrada multa ao infrator”, acrescentou. 


NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix