Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 07 de Novembro de 2018, 17h:53
Tamanho do texto A - A+

Toffoli propõe a Bolsonaro pacto institucional sobre “desafios imediatos”

Ministro propôs que poderes se unam em torno de um pacto republicano

Leonardo Barbosa
Capital News

Agência CNJ/Divulgação

Toffoli propõe a Bolsonaro pacto institucional sobre “desafios imediatos”

Encontro entre Toffoli e Bolsonaro aconteceu na manhã desta quarta-feira (7), em Brasília

Os poderes da República devem dialogar na busca de soluções para os três “desafios imediatos” do país, afirmou nesta quarta-feira (7) o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, ao receber pela primeira vez a visita do presidente eleito, Jair Bolsonaro, na sede do STF, em Brasília. Em um breve pronunciamento à imprensa após o encontro reservado entre as duas autoridades, o ministro afirmou que a Reforma da Previdência, a questão fiscal e a segurança são os temas centrais que o Brasil terá de enfrentar prioritariamente nos próximos anos.

 

Dias Toffoli propôs que os representantes dos poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – se unam em torno de um pacto republicano que aborde essas questões. “Tenho dito de maneira pública que o país tem três desafios imediatos a vencer: a questão previdenciária, a questão fiscal e a segurança pública. Da parte do STF, estamos abertos a este diálogo institucional para estabelecermos um pacto republicano, como já houve no passado e que trouxe leis benfazejas”, disse o presidente do STF.

 

 

O ministro se referia à atualização das leis anticorrupção, aprovadas pelo Congresso Nacional ao longo da última década, segundo o ministro, depois de um pacto firmado pelas autoridades máximas dos três poderes. “As leis que tratam da corrupção foram frutos de pactos assinados entre os presidentes da República, do Supremo Tribunal Federal, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Por isso esse diálogo é fundamental. Essas leis, que antes eram projetos, transformaram o Brasil”, lembrou Dias Toffoli.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix