Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2018 | 13:53
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sábado, 06 de Outubro de 2018, 10h:34
Tamanho do texto A - A+

Última pesquisa Ibope para o 1º turno aponta vitória de Azambuja com 44%

De acordo com o instituto, pode haver 2º turno nas eleições estaduais no MS

Leonardo Barbosa
Capital News

Arquivo

Dourados receberá a  entrega de 2,8 mil casas até dezembro, garante governador

Governador Reinaldo Azambuja

 

A última pesquisa Ibope para o primeiro turno das eleições ao Governo do Estado foi divulgada nesta sexta-feira (5) e aponta vitória do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Juiz Odilon (PDT) e Junior Mochi (MDB) também encabeçam o levantamento. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

 

Vamos aos números

O governador Reinaldo Azambuja lidera a pesquisa com 44% das intenções de voto, seguido pelo candidato do PDT, Juiz Odilon de Oliveira, que tem 31%. Em seguida aparece o nome do deputado Junior Mochi (MDB), com 6%, e o candidato Humberto Amaducci (PT), com 4%. Marcelo Bluma (PV) tem 2% e João Alfredo Danieze (Psol) 1% das intenções. Brancos e nulos somam 5%. Não souberam ou não responderam são 7%.

 

Quanto à rejeição, os números são os seguintes: Azambuja (20%); Bluma (19%); João Alfredo (18%); Amaducci (17%); Mochi (15%); Odilon (13%); Poderia votar em todos: 12%; Não sabe/não respondeu: 24%.

 

Pesquisa anterior

No levantamento anterior, feito de 21 a 23 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: Reinaldo Azambuja, 40%; Juiz Odilon, 29%; Junior Mochi, 5%; Humberto Amaducci, 4%; João Alfredo, 2%; Marcelo Bluma, 2%; Brancos e Nulos, 10%; Não souberam e não responderam, 9%.

 

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Entrevistados: 812 eleitores em 31 municípios do estado.

Quando a pesquisa foi feita: 3 e 4 de outubro.

Registro no TRE: MS-08295/2018.

Registro no TSE: BR-03799/2018.

Nível de confiança: 95%.

 

Contratante da pesquisa: TV Morena.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix