Campo Grande/MS, Terça-Feira, 26 de Março de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 12h:59
Tamanho do texto A - A+

Zé Teixeira apresenta PL para implantar detector de metais em escolas e universidades públicas do MS

Visando a segurança dos alunos e acadêmicos, deputado apresenta PL em sessão

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/Assessoria

Zé Teixeira apresenta PL para implantar detector de metais em escolas e universidades públicas do MS

Visando a segurança dos alunos e acadêmicos, deputado apresenta PL em sessão

 

O caso ocorrido em Suzano (SP) nesta semana reacendeu o debate sobre a importância da instalação de detectores de metais nas escolas e universidades. O massacre realizado por ex-alunos da Escola Estadual Professor Raul Brasil poderia ser evitado se houvesse um controle maior na entrada do prédio. Com isso, o deputado estadual Zé Teixeira (DEM), apresentou  na sessão plenária desta quinta-feira (14/03), Projeto de Lei que dispõe sobre a instalação dos detectores de metais nas escolas e universidades públicas de Mato Grosso do Sul. 

 

Em sua proposta Zé Teixeira garante a implantação dos equipamentos nos acessos aos estabelecimentos de ensino fundamental, médio e superior da rede pública de ensino, com mais de 250 (duzentos e cinquenta) alunos/acadêmicos, por turno, nas cidades com mais de 50 (cinquenta) mil habitantes.

 

Caso seja aprovado o Projeto de Lei, ao entrar em uma escola, todos deverão passar por um “detector de metais e também por inspeção visual de seus pertences, quando identificada alguma irregularidade”. 

 

Para o deputado estadual Zé Teixeira,“Fui eleito deputado estadual para representar a população de Mato Grosso do Sul. Por isso, meu dever é apresentar medidas e soluções capazes de proporcionar segurança e qualidade de vida a todos os cidadãos de nosso Estado. Esta é a nossa missão”, afirma.

 

Após aprovada, a Lei entrará em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir próximo ano letivo de 2020.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix