Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017 | 04:36
27˚
(67) 3042-4141
Reportagem Especial
Segunda-Feira, 13 de Abril de 2015, 09h:33
Tamanho do texto A - A+

Fora de moda? Vendedor de picolé garante que a profissão é atual e dá lucro!

“Não é fácil, mas eu gosto, não é a toa que estou nessa há mais de 30 anos, tenho amizade com o povo, ando isso aqui tudo e isso é legal”, conta o vendedor.

Luana Rodrigues
Capital News

Kemila Pelin/Capital News

Fora de moda? Vendedor de picolé garante que a profissão é atual e dá lucro!

Seo Chico é vendedor de picolé há mais de 30 anos

Vendedor de picolé, essa é a profissão de Francisco Evangelista de Medeiros, de 54 anos. Nascido em Ponta Porã, na fronteira com a Paraguai, “Seo Chico” chegou a Campo Grande ainda jovem. Com 24 anos passou a vender picolés, uma profissão que nem todo mundo dá crédito, mas, como ele garantiu, dá lucro.

Na profissão não tem glamour. Quando tem sol, é calor o dia todo, já na chuva, fica difícil de trabalhar. “Não é fácil, mas eu gosto, não é a toa que estou nessa há mais de 30 anos, tenho amizade com o povo, ando isso aqui tudo e isso é legal”, conta.

Seo Chico não concluiu os estudos, na verdade mal começou eles. Mas, na prática, aprendeu a fazer de tudo. "Onde é possível para ganhar dinheiro a gente vai. Tem que correr atrás do dinheiro, pois o dinheiro não corre atrás da gente", afirma o vendedor.

O 'picolezeiro' já chegou a vender 100 picolés por dia e perdeu a conta de quantos vendeu durante toda a carreira. “Tem de morango, abacaxi, chocolate, dá pra escolher, é por isso que o povo compra de mim. Já cheguei a ganhar R$60 por dia”, completa.

No dia a dia de andanças para vender o gelado, a maioria delas no bairro Monte Líbano, em Campo Grande, o que chama mesmo a atenção dos clientes é o sorriso de Seo Chico e depois de pouco tempo de conversa, o orgulho que ele tem pela profissão. “Gosto muito do que eu faço, não é fácil, mas pra mim deu certo”, explica ele sorridente.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix