Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018 | 08:09
27˚
(67) 3042-4141
Reportagem Especial
Sábado, 03 de Fevereiro de 2018, 13h:04
Tamanho do texto A - A+

Mulheres roubam a cena carnavalesca em Campo Grande

Bloco Calcinha Molhada prega carnaval sem assédio e empoderamento feminino

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

André Patroni

Mulheres roubam a cena carnavalesca em Campo Grande

Nove meninas fundaram o Bloco Calcinha Molhada e pregam o Carnaval sem assédio

Carnaval bom é carnaval com respeito. Pensando nisso, nove meninas criaram o bloco “Calcinha Molhada”, onde é regra número um é “respeitar o coleguinha do lado”. A ideia surgiu no ínicio de outubro de 2016, durante uma conversa de mesa de bar, em frente à Praça Aquidauana.

 

O 1º Grito de Carnaval do bloco aconteceu na semana seguinte a conversa do parágrafo anterior, no dia 21 de outubro. “Não fazíamos ideia de repercussão que o evento teria e o público presente superou nossas expectativas. Então, decidimos que faríamos um encontro mensal até a chegada do Carnaval de 2017”, contam.

 

O grupo acredita em um Carnaval onde todos são bem-vindos e tem direito de se divertir. Elas também defendem o protagonismo da mulher na cena carnavalesca. Este ano, dão ínicio a folia em Campo Grande, que começa neste sábado (03).

 

As meninas explicam que organizar um bloco com a força feminina foi uma alternativa que encontraram de rever o papel da mulher no carnaval. “O Calcinha Molhada tem a intenção de mostrar que somos mais do que corpos nus. Nós fazemos acontecer, tocamos, montamos o bar, carregamos caixa de cerveja, recolhemos o lixo, dançamos livres de estereótipos e nos divertimos muito”, afirmam.

 

Para realizar a tão amada festa brasileira, elas explicam que é necessário organização, parceria e alegria. “Principalmente alegria, não existe Carnaval sem ela! No nosso grupo todas são muito animadas e rebolativas, isso acaba contagiando as pessoas que estão em volta” revelam.

 

Um dos lemas do grupo é: “se organizar direitinho, todo mundo se diverte”. Mas, para isso, é essencial que haja respeito! Respeito às diferenças e ao espaço público. “Temos uma preocupação muito grande para que não tenha violência entre os foliões, que a vizinhança seja respeitada e que nada seja degradado na Praça Aquidauana”. 

André Patroni

Mulheres roubam a cena carnavalesca em Campo Grande

Marca Ludic criou uma mini coleção de Carnaval inspirada no Calcinha Molhada

Coleção de Carnaval

A marca sul-mato-grossense Ludic lançou uma mini coleção de carnaval. Os shorts, tops, vestidos e macaquinhos cheios de estampas são inspirados no Bloco Calcinha Molhada. Todas as estampas fazem referência à folia, trazendo uma mensagem de empoderamento e respeito.

 

Calcinha Molhada

Conheça as meninas responsáveis pelo Calcinha Molhada:

Dayani Couto, ou Goiaba, 26 anos, empresária da A Paraguaia

Darina Aragão, 30 anos, Arquiteta

Gabriela De Marco, 30 anos, Arquiteta

Isabela Saldanha, 29 anos, Arquiteta

Isadora Taborda, 26 anos, Arquiteta

Paula Magalhães, 31 anos, Arquiteta

Raína Menezes, 30 anos, Publicitária e Arquiteta

Raquel Mirieli, 31 anos, Relações Públicas

Tamyres Cuellar, 30 anos, Psicóloga

 

Regras do bloquinho

Mulheres roubam a cena carnavalesca em Campo Grande 

Os foliões estão mais do que convidados para a abertura da temporada do Carnaval 2018, com samba de roda, axé e pagode dos anos 90. Mas as meninas do Calcinha Molhada dão o recado: todo mundo pode colaborar para o bem estar público! “Tanto sendo gentil com quem vai estar ao seu lado, quanto cuidando do meio ambiente: jogando lixo no lixo, não levando garrafa de vidro, utilizando os banheiros para necessidades. E para ajudar na luta contra o assédio, é importante pensar em união. Caso alguém perceba alguma situação vexatória ou de assédio, mesmo com alguém desconhecido, é importante intervir sim. Juntas somos mais fortes”, reforçam. 

 

Serviço

Carnaval sem Assédio

Quando: Sábado (03), à partir das 16h

Onde? Praça Aquidauana - Rua Aquidauana, entre a Dom Aquino e a Barão do Rio Branco.

Mulheres roubam a cena carnavalesca em Campo Grande

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix