Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 23 de Junho de 2017 | 06:22
27˚
(67) 3042-4141
2015
Sábado, 02 de Janeiro de 2016, 07h:30
Tamanho do texto A - A+

Popularidade baixa, problemas nas contas do governo e impeachment assombraram o ano de Dilma

Retrospectiva 2015

Samira Ayub
Especial para o Capital News

Deurico/Arquivo Capital News

Dilma Rousseff

Dilma Rousseff

retro2015

O ano de 2015 foi amargo e indigesto para a presidente Dilma Rousseff (PT). Com popularidade despencando, Dilma veio a Campo Grande em fevereiro, e foi recebida com protesto. A avaliação do governo caiu para 23% e 77% dos entrevistados afirmaram que a presidente sabia da corrupção na Petrobras.

Para deixar o ano ainda mais difícil para Dilma, o TCU (Tribunal de Contas da União) recomendou a rejeição das contas de 2014 do governo Dilma Rousseff.

E para terminar o ano, em dezembro, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aceitou pedido de abertura de processo de impeachment da presidente.

 

Segunda-Feira, 14 de Dezembro de 2015, 08h:42
População saí as ruas pela 4º vez, pedindo o impeachment de Dilma  

 

Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2015, 20h:23
Dilma diz que recebeu com indignação abertura de processo de impeachment  

 

Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2015, 18h:02
Cunha aceita pedido de abertura de processo de impeachment de Dilma  

 

Quinta-Feira, 08 de Outubro de 2015, 07h:21
TCU recomenda rejeição das contas de 2014 do governo Dilma  

 

Sexta-Feira, 02 de Outubro de 2015, 11h:21
Presidente Dilma anuncia redução de oito ministérios e 3 mil cargos  

 

Quinta-Feira, 02 de Abril de 2015, 15h:00
Dilma atinge 64% de rejeição  

 

Terça-Feira, 03 de Fevereiro de 2015, 11h:04
Protestos em visita de Dilma são contra impostos e impunidade de corruptos  

 

Segunda-Feira, 09 de Fevereiro de 2015, 09h:12
Popularidade de Dilma cai de 42% para 23%  

 

Terça-Feira, 03 de Fevereiro de 2015, 12h:41
"Tolerância zero aos agressores" decreta Dilma em inauguração da Casa da Mulher Brasileira  

 

Terça-Feira, 03 de Fevereiro de 2015, 09h:32
Polícia barra cartazes com ofensas a Dilma  

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix