Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018 | 19:16
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 06 de Março de 2018, 18h:07
Tamanho do texto A - A+

Agropecuária é o setor que mais contratou em janeiro

Cana-de-açúcar e soja são destaques na geração de emprego em MS

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Famasul

Agropecuária é o setor que mais contratou em 2018

O cultivo de cana-de-açúcar gerou 272 novos empregos e o da soja abriu 257 vagas

A agropecuária foi o setor que mais contratou em janeiro deste ano. De acordo com o levantamento divulgado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram criados 798 novos postos de trabalho em Mato Grosso do Sul. O número é quase três vezes maior em comparação ao mesmo período de 2017.

 

O relatório mostra também que a maior parte das contratações foi na atividade agrícola. O cultivo de cana-de-açúcar gerou 272 novos empregos e o da soja abriu 257 vagas.

 

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Mauricio Saito, o resultado reforça que o agro é um setor de oportunidades. “O levantamento mostra que, considerando a agropecuária, MS ocupa o 6º lugar no ranking nacional. São números expressivos que destacam a importância do setor para o desenvolvimento estadual e nacional”.

 

O economista da Famasul, Luiz Gama,explica que os números estão atrelados à temporada de colheita da oleaginosa e ao potencial do setor sucroenergético. “A soja hoje é o carro-chefe na geração bruta de valor de produção e estamos em plena colheita, logo é um período de mão de obra mais intensivo”.

 

Quanto ao perfil das contratações é possível observar que a maioria dos novos empregados na agropecuária sul-mato-grossense possui entre 18 e 24 anos, ocupando 36,7% das vagas. Já a faixa etária de 30 a 39 anos, atua em 29,4% postos.

1 COMENTÁRIO:

QUERO TRABALHAR NESTA EMPRESA
enviado por: ESTEVAO ALBERTO em 20/03/2018 às 10:39:42
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix