Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018 | 07:14
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sexta-Feira, 29 de Junho de 2018, 12h:12
Tamanho do texto A - A+

Bolívia e Mato Grosso do Sul marcam reunião sobre sanidade

Encontro para discutir políticas regionais de sanidade deve acontecer na segunda quinzena de julho

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Famasul

Vacinação contra aftosa e brucelose é prorrogada

O rebanho do Estado soma 21 milhões de cabeças de bovinos e bubalinos

Mato Grosso do Sul e profissionais da defesa sanitária da Bolívia vão se reunir para tratar de ações de retirada da vacinação contra a febre aftosa, prevista para 2023 no Brasil. O encontro com a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) foi marcado para a segunda quinzena de julho.

 

O diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, explica que o objetivo é discutir políticas regionais referente a sanidade. “Em especial, a harmonização de procedimentos, como a vacinação contra febre aftosa nos dois lados da fronteira, realização de serviços de vigilância nas propriedades de forma compartilhada, e ainda a possibilidade da visitação em propriedades um do outro”, afirmou.

 

O encontro foi marcado durante a II Reunião do Comitê de Integração Fronteiriça Puerto Suárez – Corumbá, realizada nesta quinta-feira (28). O evento realizado pelo Ministério das Relações Exteriores e o governo Boliviano abordou três temas centrais: segurança pública, integração econômica e assuntos sociais.

 

A diretora do Departamento da América do Sul Meridional, embaixadora Eugenia Barthelmess, destacou que a reunião quer ouvir as inquietações e demandas das comunidades brasileiras e bolivianas, para que elas possam ser analisadas e encaminhadas em diferentes esferas dos dois países.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix