Campo Grande/MS, Domingo, 20 de Agosto de 2017 | 19:08
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 13 de Junho de 2017, 09h:49
Tamanho do texto A - A+

Famasul promove 1,3 mil atendimentos no interior

Atendimentos foram realizados no último sábado (10)

Maisse Cunha
Capital News

Divulgação/Famasul

Famasul promove 1,3 mil atendimentos no interior

Mauricio saito, presidente do Sistema Famasul

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), promoveu, no último sábado (10), a quarta edição do programa Saúde do Homem e da Mulher, com o objetivo de levar informação e prevenção aos produtores e trabalhadores rurais do estado.

 

Na ocasião, foram realizados mais de 1,3 mil atendimentos, entre consultas, coletas de exames preventivos do câncer de próstata e útero, além de atendimento odontológico e emissão de documentos como a carteira do SUS – Sistema Único de Saúde. Os atendimentos foram realizados na Escola Municipal Eduardo Pereira Calado, em Nova Alvorada do Sul, distante a 120 quilômetros da capital.

De acordo com o presidente do Sistema Famasul, Maurício Saito, “Pesquisas recentes apontam que a expectativa de vida do cidadão aumentou de 63 para 75 anos de idade. Este salto de qualidade demonstra que é fundamental investir em ações e programas preventivos, por isso, estamos empenhados em buscar parcerias para alcançar cada vez mais pessoas da área rural”, ressaltou.

O presidente do Sindicato Rural de Ivinhema e Novo Horizonte do Sul, Edy Elaine Tarrafel, comemorou as ações realizadas no município. “É uma oportunidade excelente e que atende toda família, com consultas, exames, prestação de serviços e entretenimento. Agradecemos o apoio de todos os envolvidos, o que possibilitou o atendimento de quase 300 pessoas”.

O médico urolosgista e ex-vereador de Campo Grande, Jamal Salém, representando a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), destacou a importância da conscientização do homem do campo quanto ao câncer de próstata.

Divulgação/Famasul

Famasul promove 1,3 mil atendimentos no interior

Mauricio saito, presidente do Sistema Famasul

“Verificamos que muitos homens ainda têm receio de fazer os exames, mas, acredito que houve um aumento significativo no número de informações sobre a glândula, ou mesmo consultas de rotina.

 

E grande parte do mérito se deve as mulheres que conversam com seus esposos, filhos e parentes sobre a necessidade de prevenir, evitando notícias desagradáveis”, retrata.

Salém ainda reforça que “existem outras doenças tão preocupantes quanto o câncer, como a disfunção erétil, ejaculação precoce e infertilidade masculina. São várias infecções que afetam a qualidade de vida do público masculino e o câncer nesta região é a segunda causa de morte entre homens”, conclui.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix