Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017 | 12:54
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 18 de Abril de 2017, 18h:43
Tamanho do texto A - A+

Ministro da Agricultura é apontado na lista premiada da Odebrecht

Além do atual ministro, a titular que lhe antecedeu na pasta também é acusada por receber caixa 2

Alline Gois
Capital News

Divulgação

Com novidades, primeiro dia da Expogrande terá participação do ministro da Agricultura

O ministro foi apontado na lista por ter recebido R$ 12 milhões

 

A lista premiada da Odebrecht, que apontou o pagamento de caixa 2 e de propina a políticos, partidos e outros seguimentos, apontou representantes do agronegócio, entre eles o atual ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi (PP-MT).

O ministro também é senador licenciado e é um dos maiores empresários do agronegócio do Brasil. Ele foi apontado na lista por ter recebido R$ 12 milhões na campanha de reeleição ao governo de Mato Grosso em 2006.  A ex-ministra que antecedeu na pasta, Kátia Abreu (PMDB-TO) também é acusada por receber R$ 500 mil em dinheiro ilícito na campanha de 2014.

Além das investigações da Operação Carne Fraca, o possível envolvimento do ministro Maggi, poderá impacatar o setor do agronegócio no país.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix