Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017 | 14:47
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Segunda-Feira, 10 de Julho de 2017, 19h:15
Tamanho do texto A - A+

Prefeitura realiza workshop para conscientização e restauração da Bacia Hidrográfica aos Agricultores

Com diversos temas e com parceria entre a Semadur e outras entidades, Programa Manancial Vivo evento acontece no Centro de Educação Ambiental (CEA) Polonês

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/Assessoria

Prefeitura realiza workshop para conscientização e restauração da Bacia Hidrográfica aos Agricultores

Com diversos temas e com parceria entre a Semadur e outras entidades, Programa Manancial Vivo evento acontece no Centro de Educação Ambiental (CEA) Polonês

Nesta terça-feira (11), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), realiza o I Workshop: Restauração Ambiental na Bacia Hidrográfica do Córrego Guariroba – Área de Proteção Ambiental (APA) Guariroba.

O evento acontece a partir das 7h30, no Centro de Educação Ambiental (CEA) Polonês, os Conselhos Gestores de Unidades de Conservação da Natureza e a Unidade Gestora do Programa Manacial Vivo (PMV), onde irão conhecer as melhores técnicas para a recuperação e conservação dos recursos naturais.

Para Ivan Pedro, superintendente de Fiscalização e Gestão Ambiental, “O objetivo é apresentar as propostas aos produtores e dentro disso a câmara técnica decidirá sobre a melhor alternativa a ser implementada com base nas ações já desenvolvidas em Áreas de Preservação Permanente (APP), por meio do Programa Manancial Vivo”, pontua.

O Programa Manancial Vivo (PMV) é um programa voluntário de restauração do potencial hídrico e do controle da poluição difusa no meio rural.

O Workshop é uma realização do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental dos Mananciais do Córrego Guariroba, da Prefeitura Municipal de Campo Grande – por intermédio da Semadur, ANA, Água Brasil, Águas Guariroba, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE-MS).

E, com a participação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Associação de Recuperação Conservação e Proteção da Bacia do Guariroba (ARCP Guariroba), Sindicato Rural, Conselho Municipal de Meio Ambiente (CMMA), TBG e Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS).

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix