Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017 | 14:55
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Segunda-Feira, 12 de Junho de 2017, 16h:51
Tamanho do texto A - A+

Processo de falência da Usina São Fernando será acompanhado por comissão

Prefeita Délia recebeu grupo de trabalhadores para garantir os direitos trabalhistas na empresa

Renato Giansante
De Dourados para Capital News

Foto: A Frota

Processo de falência da Usina São Fernando será acompanhado por comissão

Délia Razuk e secretários receberam trabalhadores da São Fernando e vereadores, na manhã desta segunda-feira

A prefeita Délia Razuk (PR), recebeu um grupo de trabalhadores da usina de álcool e açúcar São Fernando, localizada na MS-379, em Dourados, na região sul de Mato Grosso do Sul que pertence ao empresário sul-mato-grossense José Carlos Bumlai, preso na operação Lava Jato, os trabalhadores fizeram uma solicitação que possam salvaguardar os direitos dos trabalhadores e demais segmentos que operam no setor. Recentemente, o juiz da 5ª Vara Cível de Dourados, Jonas Hass da Silva Junior garantiu que a decretação de falência da Usina São Fernando não inviabiliza a continuidade do funcionamento da indústria no município.

A usina vai continuar operando em caráter provisório sob comando do administrador determinado pelo juiz, Vinicius Coutinho, já que existe matéria-prima (cana-de-açúcar) para ser colhida, e uma eventual paralisação acarretaria prejuízo maior à massa falida e aos credores.

 

A prefeita fez elogio ao juiz Jonas Hass “por esse cuidado ao tomar a decisão que envolve uma grande empresa do Município” e reconheceu que a decisão foi extremamente correta e aponta para o horizonte, na medida em que assegura os empregos e garante também o cumprimento das obrigações com fornecedores e parceiros do empreendimento.

 

“É importantíssimo para o Município e toda a sociedade que esta indústria continue operando. E nós temos que nos unir, somar forças, para que a empresa possa recuperar sua capacidade plena de operação”, defendeu na manhã desta segunda-feira(12) durante a reunião.

Para Délia, há uma preocupação com o futuro dos trabalhadores e por isso é preciso agilizar as empresas que têm interesse em assumir. Ela ainda sugeriu a constituição de uma comissão formada por representantes do executivo, do legislativo, dos trabalhadores, das empresas parceiras e da Fiems (Federação das Indústrias de MS) com intuito de acompanhar o processo, identificar e encaminhar sugestões a possíveis futuros investidores.

Na reunião, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Açúcar, Etanol e Bionergia de Dourados e Ponta Porã, Donizete Martins, disse que a usina São Fernando é patrimônio de Dourados com grande potencial para a moagem de 24 toneladas/dia e produção de açúcar de qualidade, inclusive para exportação.

A comissão será formada elo presidente do sindicato dos trabalhadores da usina, Donizete Aparecido Martins e os funcionários Sueli Valério de Lima Martins, José Aparecido Monteiro e Eduardo Cavalcanti de Oliveira; vereadores Braz Melo e Alan Guedes, pelo Legislativo; secretários Rose Ane (Desenvolvimento) e João Fava (Fazenda) pelo Executivo; Sidnei Camacho, pela Fiems e Celso Schuch dos Santos, como interlocutor junto ao judiciário.

Arquivo / Dourados News

Manifestantes ocupam pátio da Usina São Fernando em Dourados

Manifestantes já fizeram no pátio da Usina São Fernando diversos protestos

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix