Campo Grande/MS, Sábado, 23 de Junho de 2018 | 02:30
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sábado, 10 de Março de 2018, 09h:49
Tamanho do texto A - A+

Projeto capacita cerca de 200 agricultores indígenas

Ação aconteceu nas aldeias Cachoeirinha, Lalima e Taunay/Ipeque

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Uems

Projeto capacita cerca de 200 agricultores indígenas

O projeto vem capacitando agricultores familiares indígenas desde 2015

O projeto  “Semeando saberes agroecológicos para o desenvolvimento sustentável das comunidades indígenas”, capacitou mais de 200 agricultores familiares indígenas na última semana. A ação é voltada para as aldeias Cachoeirinha e Lalima, no município de Miranda e Taunay/Ipeque, no município de Aquidauana.

 

Foram desenvolvidas oficinas de formação agroecológica, que contou com atuação em rede de diversos especialistas. Lideranças, anciãos, mulheres e jovens participaram das atividades de capacitação.

 

A ação visa potencializar os sistemas produtivos familiares, fortalecimento do tecido comunitário, estímulo à produção de alimentos saudáveis com maior valor biológico e promoção à autogestão sustentável dos recursos naturais. Também foi reforçada a importância da revitalização e preservação da agrobiodiversidade nas comunidades indígenas.

 

O projeto é realizado pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) em parceria com a Organização Caianas desde 2015.

 

O coordenador da Caianas, professor Leosmar Antonio, biólogo da etnia Terena, relata que “esta formação foi oportuna, pois soube traduzir os anseios dos agricultores indígenas e suas comunidades, valorizando as experiências e conhecimentos tradicionais, socioculturais e as cadeias de produtos da sociobiodiversidade”.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix