Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017 | 12:53
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 18 de Abril de 2017, 18h:13
Tamanho do texto A - A+

Tecnologia e precisão é utilizada em 67% das propriedades rurais

Mato Grosso do Sul é um dos Estados onde a agricultura de precisão está em crescimento

Alline Gois
Capital News

Divulgação/Assessoria

Safra de milho é semeada e colheita de soja avança em MS

Cerca de 67% das propriedades agrícolas usam algum tipo e tecnologia, seja na área de gestão dos negócios e na colheita

 

A agricultura de precisão está em crescimento em Matro Grosso do Sul. No país, cerca de 67% das propriedades agrícolas usam algum tipo e tecnologia, seja na área de gestão dos negócios ou nas atividades de cultivo e colheita de produção, segundo estimativa apresentada pelo coordenador da Secretária Executiva da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), Fabrício Juntolli.

Conforme Juntolli, a meta para os próximos dois anos é fazer um levantamento sobre o panorama de agricultura de precisão no Brasil. O uso tecnológico na gestão da propriedade contribuiu para  tomada de decisões dos produtores, como a utilização de insumos em quantidade exata. “A agricultura de precisão está em crescimento no país, principalmente nos Estados do Centro-Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, além de Roraima, Tocantins, e Norte.

Na portaria assinada na última quinta-feira (13) pelo ministro Blairo Maggi foi apresentado os nomes dos demais membros da CBAP. Representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário da Casa Civil e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação também fazem parte da comissão. Neste ano, duas outras entidades passaram a fazer parte:a Associação Brasileira dos Prestadores de Serviços em Agricultura de Precisão e a Associação Brasileira de Agricultura de Precisão.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix