Campo Grande/MS, Sábado, 20 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, 12h:59
Tamanho do texto A - A+

Cassems Itinerante chega há cinco cidades do Estado

Atendimento especializado segue para cidades do interior onde não há disponibilidade desses serviços na Rede Própria ou Credenciada.

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação

Cassems Itinerante chega há cinco cidades do Estado

Atendimento especializado segue para cidades do interior onde não há disponibilidade desses serviços na Rede Própria ou Credenciada.

 

Nesta semana, os municípios que serão atendidos pela Cassems Itinerante serão: Coxim, Jardim, Nova Andradina, Naviraí, Dourados e Três Lagoas, os quais recebem atendimento com médicos especialistas. 

 

O programa já atendeu cerca de 33 mil pessoas desde 2013, sendo que, só em 2018, foram realizados mais de 8 mil atendimentos. Com a implementação do atendimento especializado, o principal objetivo do programa é amenizar as dificuldades encontradas pela população do interior do Estado no acesso à medicina especializada, nos locais onde não há disponibilidade desses serviços na Rede Própria ou na Credenciada.

 

Em coxim, irão realizar os atendimentos, a cardiologista Rita Pinheiro e o psiquiatra Leonardo Gomes. A endocrinologista Lara Rubio atende em Naviraí e Nova Andradina recebe atendimento com a endocrinologista Samira Maria. Em Dourados, o psiquiatra Antônio Carvalho e a neurologista Tatiane Novais realizam o atendimento. O ginecologista Bruno Veit e a pediatra Suely Cristina atendem em Jardim, e Três Lagoas recebe atendimento com o médico generalista Odilon Coral.

 

Para a diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, “Nós criamos o cronograma baseado nas necessidades locais, analisando sempre a viabilidade administrativa e também do profissional, dessa forma, montamos o calendário que é divulgado com antecedência para os nossos beneficiários”, afirma.

 

De acordo com o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, “Nós sabemos o quanto sofremos com a ausência de profissionais em nossas regionais e hospitais. Começamos a criar um grupo de profissionais diferenciados, interessados em caminhar conosco neste atendimento itinerante e que, sobretudo, tenham a esperança de minimizar os problemas de atendimento no interior”, conclui.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix