Campo Grande/MS, Domingo, 21 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018, 10h:32
Tamanho do texto A - A+

Corumbá recebe seis profissionais do Mais Médicos

Ainda são esperados mais quatro médicos para completar o quadro de 10 disponíveis pelo Programa

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação

Corumbá recebe seis profissionais do Mais Médicos

Ainda são esperados mais quatro médicos para completar o quadro de 10 disponíveis pelo Programa

Nesta segunda-feira (17), o município recebeu os seis primeiros médicos brasileiros que vão atuar pelo programa "Mais Médicos".  Os profissionais vão ocupar as vagas dos médicos cubanos que deixaram o programa do Governo Federal,  A Prefeitura ainda aguarda a apresentação de mais quatro profissionais, completando o total de 10 médicos, para atender a população. 

 

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Rogério dos Santos Leite, “Estamos recebendo esses seis profissionais que vão ser homologados, pelo Ministério da Saúde, para trabalhar em nosso município. Ainda aguardamos, temos até o dia 18 de dezembro, às 17 horas no horário local, para apresentação dos outros quatro médicos. Se isso não acontecer, serão abertas vagas para médicos brasileiros que são formados no exterior. Já há uma fila grande no Ministério da Saúde", enfatiza. 

 

Ainda segundo secretário, “os seis médicos participaram de uma reunião para conhecimento do funcionamento da rede municipal de saúde, e já estão trabalhando, recebendo as orientações e devem começar nesta terça-feira (18), nas unidades. Na reunião, foi feita a apresentação dos projetos do Ministério da Saúde e das Secretarias do Estado e Município; também para fazer a lotação, apresentação da cidade e dos serviços da nossa rede de saúde”, diz Leite. 

 

Sobre os locais de trabalho, o secretário municipal pontua que, “O trabalho deles será nas Estratégias de Saúde da Família, com 40 horas semanais e expediente pela manhã das 07h às 11h e à tarde das 13h às 17 horas. Cada um em uma unidade atendendo a população daquela microrregião e fazendo valer a ação primária que é a de prevenção em saúde”, conclui.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix