Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quinta-Feira, 27 de Setembro de 2018, 11h:14
Tamanho do texto A - A+

CPI da Elektro é adiada para depois das eleições

Comissão que apura serviço prestado por concessionária volta a se reunir apenas em outubro

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação

CPI da Elektro é adiada para depois das eleições

Esta será a segunda audiência proposta para debater a qualidade do serviço da Elektro em Três Lagoas

A segunda audiência pública para ouvir a população a respeito dos serviços de responsabilidade da concessionária de energia elétrica de Três Lagoas, a Elektro, foi adiada para o dia 9 de outubro. A decisão foi da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores de Três Lagoas que investiga os trabalhos prestados pela empresa.

De acordo com o presidente da comissão, vereador Ivanildo Teixeira, para evitar conotação política nesse período eleitoral, os parlamentares acharam melhor mudar a data. Além disso, conforme o site JP News, ele comentou que vereadores que disputam as eleições neste ano, ficam com receio de participar das audiências.

A primeira reunião foi realizada na semana passada. Segundo o consultor Jenner Ferreira, contrato pela Câmara para dar consultoria jurídica a comissão, os trabalhos serão pautados pela percepção que os clientes têm quanto à qualidade do produto, dos serviços e do atendimento prestados e se esta percepção corresponde às regras técnicas exigidas dentro dos parâmetros regulatórios definidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Após ouvir os clientes, o próximo passo da comissão será o de realizar oitivas para questionar representantes da empresa, da Aneel e o Conselho de Consumidores que não tem representantes de Três Lagoas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix