Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018, 13h:36
Tamanho do texto A - A+

Em Campo Grande, ligações para o SUS supera média mensal em novembro

A Ouvidoria do SUS é responsável pelo recebimento de elogios, denúncias, reclamações e pedidos de informações dos usuários dos serviços de saúde

Leonardo Barbosa
Capital News

PMCG/Divulgação

Em Campo Grande, ligações para o SUS supera média mensal em novembro

A Ouvidoria SUS recebeu 1.971 registros de solicitações no mês de novembro na capital

A Ouvidoria SUS da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) recebeu 1.971 registros de solicitações em novembro de 2018, superior à média mensal de 1866 chamados, segundo dados divulgados na terça-feira (17). O órgão é responsável pelo recebimento de elogios, denúncias, reclamações e pedidos de informações dos usuários dos serviços de saúde.

 

O registro de novembro é superior ao de outubro em 21,14%, quando foram registradas 1627 solicitações. Este resultado é possível por ações de divulgação da Ouvidoria da Saúde, otimização do trabalho interno, ampliação do horário de atendimento por telefone das 7h às 22h e presencial das 7h às 17h, parcerias externas e ainda, implantação de sistema de informação na Ouvidoria da Saúde

 

Do total levantado em novembro, 32%, ou seja, 631, não foi necessário registro de demanda e encaminhamento ao setor responsável para resposta, pois as dúvidas ou solicitações foram sanadas no ato do atendimento. Os 68% restante (1340 registros) foram encaminhados aos setores responsáveis para resposta ao usuário.

 

Dos registros de novembro é possível verificar que 38,66% foram solicitações que, necessariamente, continham um requerimento de atendimento ou acesso às ações e aos serviços de saúde. Já 32,32% foram informações que os usuários desejaram registrar na ouvidoria. Ainda no ranking dos registros, reclamações foram 15,73%, denúncia 10,05% e elogio 3,20%.

 

A coordenadora da Ouvidoria SUS, Sonia Maria Correia dos Santos, explica que o serviço oferecido é onde o “cidadão informado reúne condições para o exercício da cidadania. O conhecimento dos direitos e deveres, próprios e do Estado, é o primeiro passo para promover uma reflexão sobre a necessidade de ampliação do conceito de saúde, permitindo a busca pela qualidade de vida”.

 

A Ouvidoria SUS atende, também, presencialmente das 7h às 17h, na Rua Bahia, nº 280, na sede da SESAU, além do atendimento telefônico que conta com horário estendido das 7h às 22h pelo 3314-9955.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix