Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Março de 2017 | 02:42
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 09h:41
Tamanho do texto A - A+

Hospital Universitário tem aumento no repasse de verba em R$ 1 milhão

Após fechamento do hospital para recebimento de pacientes, governo municipal e estadual garantem repasse através de contrato assinado pelo Prefeito

Flavia Andrade
Capital News

Deurico/Capital News

Hospital Universitário de Campo Grande

Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap-UFMS), em Campo Grande

Nesta quarta-feira (15), em reunião, foi formalizado contrato de repasse de verbas com o Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, no valor de R$ 1 milhão, sendo R$ 700 mil do município e R$ 300 mil do Governo do Estado. Para assinatura do contrato estiveram presentes o prefeito Marquinhos Trad, o secretário de Saúde, Marcelo Villela e Nelson Tavares, e pela superintendente do Humap, Andreia Antoniolli. 

 

De acordo com prefeito Marquinhos Trad, “Há mais de 10 anos o convênio do hospital não recebia reajuste”, o município era responsável por repassar R$ 85 mil a instituição e o Governo do Estado mais R$ 85 mil, totalizando o montante de R$ 170 mil para custeio. 

 

Com a assinatura do contrato, o repasse passa a ser de R$ 1. 170.000,00 por mês, o pagamento será retroativo ao mês de fevereiro e garante o retorno dos atendimentos em sua totalidade. 

 

Por conta da paralisação, pessoas como a irmã do seu José de Melo, a senhora Ivonete de Melo Silva, que por problemas de saúde compareceu ao atendimento no Bairro Nova Bahia e teve o encaminhamento com protocolo para que fosse internada no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, teve o atendimento recusado pelo hospital. Com isso, seu Jose conseguiu encaminha a irmã para a Santa Casa, onde a mesma ficou das 9h da manhã as 14h aguardando em uma maca, vaga para que fosse internada. A paciente está com suspeita de Amidose, segundo exames e atendimento médico já realizado. 

 

Ainda segundo seu José de Melo, “Eu abri uma ouvidoria no HU, pedindo para que eles me dessem por escrito que eles não poderiam realizar o atendimento da minha irmã, porque até hoje eu gastei mais ou menos R$ 5 mil reais em exames, porque ela não aguenta de dor, agora ela foi encaminha para o HU com protocolo, com carta de encaminhamento, e eles recusaram. Ela não foi lá na porta e pediu pra ser internada, ela foi em um centro de atendimento, fez tudo direitinho como eles falam que tem que ser feito, e não conseguiu”, afirma seu José.

Divulgação/Assessoria

Hospital Universitário tem aumento no repasse de verba em R$ 1 milhão

Após fechamento do hospital para recebimento de pacientes, governo municipal e estadual garantem repasse através de contrato assinado pelo Prefeito

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix