Campo Grande/MS, Sábado, 16 de Dezembro de 2017 | 15:31
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Terça-Feira, 03 de Janeiro de 2017, 11h:36
Tamanho do texto A - A+

Meninos recebem vacinas contra HPV na rede pública de saúde

As meninas que chegaram aos 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas serão incluídas

Myllena de Luca
Capital News

Osnei Restio/Prefeitura de Nova Odessa

Foto ilustrativa de vacina, gripe, H1N1

Meninos receberão a dose

Os meninos, de 12 a 13 anos, serão vacinados contra o HPV pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nos postos de vacinação de todo o país. A imunização era feita apenas em meninas. O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunizações.

Até 2020, a faixa-etária será ampliada. Serão incluídos os meninos com 9 anos até 13 anos. De acordo com a Agência Saúde, a expectativa é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos em 2017, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos vivendo com HIV/aids, que também passarão a receber as doses. Para isso, o Ministério da Saúde adquiriu seis milhões de doses, ao custo de R$ 288,4 milhões.

As meninas que chegaram aos 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas serão incluídas. A estimativa é de que 500 mil adolescentes estejam nessa situação. Desde a incorporação da vacina no Calendário Nacional, em 2014, já foram imunizadas 5,7 milhões de meninas com a segunda dose, completando o esquema vacinal.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix