Campo Grande/MS, Domingo, 28 de Maio de 2017 | 16:26
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Sexta-Feira, 12 de Maio de 2017, 17h:57
Tamanho do texto A - A+

Ministério da Saude declara fim de emergência para vírus Zika no país

Mato Grosso do Sul confirmou apenas um caso do vírus até agora. Combate ao Mosquisto deve continuar.

Cristiano Arruda
Capital News

Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Foto ilustrativa de mosquito, Aedes aegypti, dengue, vírus zika, chikungunya

Mosquito transmissor da dengue , Zika e Chikungunya

O Ministério da Saude declarou fim da emergência nacional contra o vírus da Zika no país. Segundo o Ministério, o fim da emergência se deu por conta da queda de 95 % no número de casos registrados até o momento.

A decisão para a avaliação do fim do vírus da Emergência Nacional da Saude Pública, faz parte do regulamento Sanitário Internacional e é baseada em quatro aspectos: o impacto do evento sobre a saúde pública; se é incomum ou inesperado; se há risco de propagação internacional; e se há risco significativo de restrições ao comércio ou viagens internacionais.
A decisão informada a Organização Mundial da Saude,  fez uma nova avaliação de risco, que ocorreu nesses ultimos 18 meses depoios de ser declarada emergencial. Em todo essse período houve um  fortalecimento no compate ao mosquito Aedes aegypt, pelas três esferas do Sistem Único de Saude.

Apesa do fim declarado contra a emergências, o enfrentamento ao mosquito Aedes e a assistências a mães serão mantidas em todo o país. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Adeílson Cavalcante, afirma que o fim da emergência não siguinifica que devemos baixar a guarda  “O fim da emergência não significa o fim da vigilância ou da assistência. O Ministério da Saúde e os outros órgãos envolvidos no tema irão manter a política de combate ao Zika, dengue e chikungunya, assim como os estados e municípios”.

 

Vale lembrar que, o combate ao mosquito deve continuar e cada fazendo sua parte, como não deixar água parada.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Saude do Estado de Mato Grosso sdo Sul, 2017 já notificou:
 
Zika: 151 casos notificados e 1 confirmado.
 
Dengue: 2.924 casos notificados e 1 morte.

Chikungunya: 115 casos notificados e 7 confirmados.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix