Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quarta-Feira, 20 de Março de 2019, 13h:56
Tamanho do texto A - A+

Pronto Socorro do HRMS registra 30 mil atendimentos por ano

Por mês são registrados 2.495 atendimentos de urgência e emergência

Leonardo Barbosa
Capital News

Governo do Estado/Divulgação

Pronto Socorro do HRMS registra 30 mil atendimentos por ano

O Pronto Atendimento Médico (PAM), do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), realiza serviços de urgências clínicas e cirurgia adulta e pediátrica. Por mês são registrados 2.495 atendimentos o que resulta em uma média anual de 30 mil pacientes acolhidos pelo PAM.

 

 O Setor conta com 77 leitos, porém atua diariamente acima do limite, gerando uma demanda mínima de 83 atendimentos.

 

O Pronto Socorro é composto por quatro socorristas, um cirurgião e mais dois disponíveis para cirurgia de urgência, dois pediatras e um fisioterapeuta. Para atender a demanda diária totalizam 42 clínicos, 26 cirurgiões, 20 pediatras, 104 técnicos, 20 enfermeiros e 4 fisioterapeutas, além dos 12 colaboradores que cuidam da administração do setor que trabalham em regime de plantões.

 

Conforme a coordenadora do PAM, Marly Arruda, os pacientes chegam encaminhados ou por demanda espontânea, são acolhidos e classificados de acordo com o protocolo de Manchester que vem a ser um sistema eficaz que identifica a situação da enfermidade do paciente variando em situações não urgentes (azul), pouco urgente (verde), urgente(amarela), muito urgente(laranja) e emergência(vermelha).

 

Quando possível os pacientes classificados como azul e verde por serem de baixa complexidade são redirecionados a unidades básicas de saúde para atendimento, uma vez que o PAM do HRMS é um pronto atendimento de média e alta complexidade.

 

 

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul possui 2.171 funcionários e conta com 429 leitos. Além dos 30 mil atendimentos no PAM, também são realizadas por ano, 65 mil consultas, 14.588 internações e 6.500 cirurgias.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix