Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017 | 04:49
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Domingo, 12 de Fevereiro de 2017, 12h:17
Tamanho do texto A - A+

Turista que visitou Bonito não contraiu febre amarela

Os exames indicam que há não presença do vírus da dengue no organismo do turista

Myllena de Luca
Capital News

Arquivo/Agência Brasil

Febre amarela: Brasil exigirá atestado de vacinação de angolanos e congoleses

Exames deram negativos

Os exames feitos no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, descartaram contaminação por febre amarela no morador de Santa Catarina, que esteve em Bonito em dezembro. A única confirmação é de que o paciente contraiu leptospirose, causada por uma bactéria presente na urina de ratos e outros animais e transmitida ao homem principalmente nas enchentes.

O resultado do exame foi divulgado pela Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (10). De acordo com a assessoria, as primeiras informações causaram alvoroço entre os visitantes e impactaram diretamente no turismo.

O prefeito Odilson Soares se pronunciou oficialmente para acalmar a população. “Nós estamos desenvolvendo o trabalho da municipalidade, principalmente na Secretaria de Saúde e eu acredito que não foi aqui que ele adquiriu. Pode ter certeza, porque até agora, não foi apresentado nenhum surto aqui em Bonito e nenhum caso até o presente momento”, declarou.

Os exames indicam que há não presença do vírus da dengue no organismo do turista. Os testes foram realizados fora de MS, uma que vez o paciente começou a apresentar os primeiro sintomas no dia 15 de janeiro, já em Blumenau.

Na quinta-feira (9) o Ministério da Saúde atualizou os registros de Febre Amarela no país e Mato Grosso do Sul não aparece na lista de casos suspeitos.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix