Campo Grande/MS, Sábado, 21 de Janeiro de 2017 | 18:48
27˚
(67) 3042-4141
Tecnologia
Terça-Feira, 19 de Julho de 2016, 17h:10
Tamanho do texto A - A+

Presidente do STF derruba bloqueio de WhatsApp por meio de liminar

O aplicativo havia sido bloqueado no começo da tarde desta terça-feira, após decisão da juíza da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias

Patrick Alif*
Capital News

Allan White/Fotos Públicas

WhatsApp

A liminar foi decretada pelo presidente do STF, Ricardo Lewandowski

Foi derrubada há pouco, por meio de uma liminar, a decisão da Justiça do Rio de Janeiro que suspendeu o serviço do aplicativo de troca de mensagens Whatsapp. A decisão foi do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, após pedido do PPS, encaminhado para o presidente da Corte.

De acordo com informações da Agência Brasil, o bloqueio do WhatsApp foi determinado nesta terça-feira (19) pela juíza Daniella Barbosa Assumpção de Souza, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias. Na decisão, a magistrada alegou que o aplicativo descumpriu decisão judicial de interceptar mensagens trocadas pelo aplicativo de troca de mensagens em uma investigação criminal. Essa é a terceira vez que o WhatsApp é suspenso no país.

 

 Saiba mais

  Justiça do Rio de Janeiro determina bloqueio imediato do WhatsApp
  WhatsApp diz que bloqueio judicial ameaça comunicação das pessoas
  Diretor do WhatsApp diz que novo bloqueio do serviço é chocante

Após a decisão de suspensão do Whatsapp, o Facebook, que é proprietário do aplicativo, alegou que não poderia cumprir a decisão porque as mensagens são criptografadas e, portanto, não acessíveis. Desde abril deste ano, o WhatsApp adotou o recurso de segurança chamado criptografia de ponta-a-ponta (*Com informações da Agência Brasil).

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix