Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 18 de Abril de 2020, 11h:13
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Estilo Japandi de decoração une o apreço pela durabilidade com a busca pelo aconchego

Por Letícia Emori

Da coluna Casa e Decoração
Artigo de responsabilidade do autor

Tendência, que lembra o minimalismo, tem limites menos rígidos

Divulgação

ColunaCasaEDecoração

O estilo de vida minimalista, que engloba decoração, hábitos da rotina e até mesmo alimentação, tem se consolidado cada vez mais, conversando com a mudança de comportamento de parte da população, que busca alternativas sustentáveis, preza pela redução de lixo e dá preferência à durabilidade. A escolha dos itens que preenchem os cômodos, assim como cores e texturas, se torna uma tarefa delicada e com o propósito de garantir equilíbrio, sem deixar o bom gosto de lado.

Uma das tendências que melhor combina esses elementos é o estilo de decoração Japandi, também conhecido como Scandinese. Resultado de uma fusão dos estilos de decoração japonês e escandinavo, ele vai além do minimalismo, buscando um ambiente aconchegante, mas funcional e sem excessos. Dois conceitos são usados como influência principal. O primeiro vem do japonês wabi sabi, que pode ser traduzido como “imperfeição perfeita”. Dessa forma, há uma valorização dos itens que sobreviveram à passagem do tempo e atestaram sua durabilidade, além da apreciação pelo rústico e simples.

Já o segundo conceito utilizado como influência é o hygge, concepção nórdica para conforto e bem-estar e que busca a sensação de aconchego, seja por meio da decoração, com texturas e cores que passam a sensação de plenitude, ou mesmo por pequenos hábitos diários, como ler um livro ou jantar na casa de amigos.

Como incluir o estilo no seu dia a dia
Para quem quer começar a incluir a estética Japandi no dia a dia, é simples. Claro, além de um estilo de decoração, o Japandi pede uma mudança de hábitos que envolvem manter somente aquilo que é necessário, de maneira organizada e que traga satisfação e promova a tranquilidade.

Mas, para quem prefere se concentrar na decoração, também é possível se inspirar nesse estilo e trazê-lo para dentro de casa. O apreço pela luz natural é muito presente, assim, espaços amplos e janelas grandes são parte importante da decoração. Móveis resistentes, com linhas simples e múltiplas utilidades são prioridade para preencher o quarto, assim como tapetes e cobertores de textura macia e aspecto confortável, combinando praticidade e aconchego de maneira natural.

O resgate da natureza também é um aspecto muito importante nesse estilo. Assim, móveis e itens de madeira clara e palha ganham espaço, incorporando características marcantes, tanto da decoração japonesa, quanto da escandinava. A preferência pelas cores claras e pelos tons terrosos reforça a busca pela simplicidade. Plantas e outros elementos naturais são uma ótima opção para quem quer incluir alguns itens extras de decoração nessa estética, com um toque colorido que evoca à natureza.

Placas de madeira que podem servir como revestimento, prateleiras e outros itens do tipo podem ser facilmente instalados. Nesse caso, é importante utilizar as ferramentas adequadas, como parafusadeira Skil, furadeira e parafusos – elementos do tipo reforçam o aspecto rústico na decoração.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix