Campo Grande/MS, Terça-Feira, 02 de Junho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 26 de Abril de 2020, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Carreira em Direito: conheça 5 áreas em que você pode atuar

Por Débora Ramos

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

As carreiras jurídicas estão em diversas posições hierárquicas e podem se encaixar nos mais diferentes perfis

Divulgação

ColunaEducaçãoECarreira

Direito é a ciência que estuda legislação e suas aplicações nas mais diversas situações, principalmente na mediação de conflitos. Profissionais desta área trabalham com o objetivo de garantir e defender os direitos fundamentais na sociedade.


Apesar de a atuação nos tribunais ser um grande símbolo da formação na área jurídica, não é a única opção. Os graduados na faculdade de direito podem explorar diferentes carreiras. Confira a seguir algumas delas.


Acadêmica
Essa é literalmente a primeira atuação com a qual o aluno tem contato quando entra na faculdade de Direito. Boa parte do corpo docente que recepciona o universitário é composta por bacharéis da área. Eles podem atuar na área acadêmica, ministrando aulas de diferentes disciplinas específicas para o ensino superior. O trabalho pode ser feito em universidades e faculdades públicas ou privadas como professor ou tutor. Poderá, ainda, se qualificar como professor de cursos preparatórios para concursos públicos ou para o Exame de Ordem.


Escrivão
O profissional que atua como  escrivão da Polícia Civil é quem faz a documentação formal dos inquéritos policiais, trabalho essencial para o andamento dos processos e depoimentos na delegacia. Além disso, ele é responsável por recolher as fianças, expedir mandados, citações, notificações e intimações, e também faz a supervisão de processos e inquéritos. Para seguir por essa área, é necessário ser formado em Direito e passar no concurso público para a vaga.


Desembargador
Esse papel é desempenhado por um juiz experiente, membro do Tribunal de Justiça ou do Tribunal Regional. É um título concedido devido a diversos requisitos como merecimento ou tempo de trabalho. O desembargador é responsável por analisar a decisão de juízes mais novos, quando solicitada uma revisão da sentença expedida.


A atuação é dividida em três tipos: os desembargadores estaduais, pertencentes à Justiça Comum; os federais, que estão ligados à Justiça Federal; e os federais do trabalho, conectados à Justiça do Trabalho.


Promotoria
O cargo público referente à promotoria tem como função geral defender os interesses da sociedade. Dessa maneira, é papel desse profissional contratado pelo Ministério Público ser fiscal da lei, e pode trabalhar com investigações sobre os próprios membros do governo e colaborar para diversas  apurações e punições de crimes regionais, como os cometidos por prefeitos e governadores. Esse cargo é atingido através de concurso público, provas e títulos.


Procuradoria de Justiça
Esse é um cargo hierarquicamente superior ao do promotor de justiça, portanto, sua atuação ocorre em órgão superior dentro do próprio Ministério Público Estadual. O procurador e o promotor exercem a mesma função: defender a sociedade e seus interesses em qualquer conflito que as envolva. Sua atuação se dá por meio da condução de inquéritos para investigação de suspeitas de crimes ou no papel de fiscal em ações ajuizadas por terceiros.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix