Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 28 de Julho de 2019, 12h:28
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Edital do TJ-MA pode ser publicado em breve

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Banca organizadora já foi escolhida e Tribunal deu até final de julho para publicação

Divulgação

ColunaEducaçãoECarreira

O edital do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (Edital TJ-MA) está próximo de ser publicado. O órgão já autorizou a Fundação Carlos Chagas (FCC) como banca organizadora do certame. A melhor proposta foi da empresa, que cumpriu todos os requisitos para dispensa de licitação. Agora, só falta a aprovação pela Diretoria Geral do Tribunal e a confirmação de disponibilidade orçamentária.

Serão ofertadas 63 vagas para provimento de cargos efetivos para nível médio e superior. O edital deve sair em breve, já que o Conselho Nacional de Justiça havia dado um prazo de 15 dias para o órgão dar andamento ao próximo edital. Em resposta, o TJ-MA informou que a publicação estaria prevista até o final de julho.

A remuneração dos servidores é composta por vencimento básico, gratificação por atividade judiciária (GAJ), adicional de qualificação (AQ) por treinamentos realizados dentro da própria instituição de 1% a 3%; e adicional de qualificação por títulos de 5% a 12,5%.

Os analistas com formação de nível superior possuem remuneração inicial de R$ 8.230,35, podendo chegar a R$ 11.857,29. Já os oficiais de justiça, com formação de nível médio, têm remuneração inicial de R$ 6.883,85, podendo chegar a R$ 9.917,43 a depender do tempo de carreira. Para o cargo de técnico judiciário, o inicial é de R$ 3.927,72 e pode alcançar R$ 5.658,59.

O processo de seleção se dará por meio de provas discursivas e objetivas. Confira os detalhes:

Provas objetivas:
• Cargos de nível médio: 60 questões, sendo 30 de conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos;
• Cargos de nível superior: 60 questões, sendo 30 de conhecimentos gerais e 30 de conhecimentos específicos;
Provas discursivas:
• Cargos de nível médio: uma redação com 30 linhas de produção textual;
• Cargos de nível superior: um estudo de caso de acordo com o cargo/especialidade.

Serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados e aprovados nas provas objetivas em quantidade a ser definida em comum acordo entre as partes, considerando ampla concorrência, candidatos negros e com deficiência.

Avaliação de títulos:
• Os candidatos habilitados nas provas discursivas serão convocados para apresentação dos títulos, conforme Resolução 15/2019 (Resolução do Concurso) e Edital.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix