Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 18 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 11 de Junho de 2022, 15h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Educação financeira no ambiente de trabalho contribui para a vida pessoal e profissional de colaboradores

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

É importante oferecer ajuda para conscientizar sobre o bom uso do dinheiro

iStock

ColunaEducaçãoECarreira

A educação financeira impacta em várias esferas, até mesmo no ambiente de trabalho. As consequências de uma baixa educação financeira e problemas desse gênero na vida pessoal acabam influenciando a vida profissional. Muitos colaboradores com problemas financeiros demonstram baixa produtividade e também podem faltar bastante.


Investir em um programa de educação financeira na empresa pode ajudar não somente os colaboradores como a saúde geral do negócio. Um equilíbrio financeiro melhor na vida de cada um pode influenciar na empresa, como aumento de produtividade e melhor desempenho.


As empresas podem investir provendo uma orientação financeira para os colaboradores. Muitas pessoas não tiveram a possibilidade de aprender sobre juros de cartão de crédito ou cheque especial, e usam esse recurso com frequência. As empresas podem educar seus colaboradores sobre as melhores aplicações financeiras e a responsabilidade na hora de lidar com o dinheiro.
É preciso que a empresa entenda onde cada um de seus colaboradores se encontra financeiramente de maneira confidencial, para que não cause nenhum tipo de constrangimento. Um panorama da situação financeira de cada um pode ajudar na hora de traçar um programa de educação financeira, com cursos e palestras.


A empresa também pode adquirir informação de forma indireta, como quais funcionários pedem adiantamento do décimo terceiro salário, por exemplo. Mesmo sem informações precisas sobre a saúde financeira de cada um, é possível implementar programas que eduquem nesse sentido.


O colaborador pode estar em situações diferentes. Ele pode estar endividado; sem dívidas, mas também sem reservas; ou ainda arcar com os gastos mensais e ainda ter investimentos. Os colaboradores podem sair de uma dessas situações e entrar em outra. A empresa pode ajudar com que haja avanço, e não retrocesso.


Saber sobre finanças e compreender como estão suas finanças pessoais contribui para se em algum momento precisar fazer um empréstimo pessoal online saber planejar para quitar as dívidas com responsabilidade e segurança. É importante estar atento aos prazos e negociar dívidas passadas, para não ficar com o nome sujo.


É provável que um colaborador com a saúde financeira em dia trabalhe de maneira mais eficiente e harmônica. Preocupações financeiras podem afetar muito o lado profissional. A empresa pode ajudar seus colaboradores a lidar melhor com o dinheiro e que possam conquistar os seus sonhos.


A empresa também pode dar orientações mais precisas como cálculos sobre o uso do FGTS para aquisição de imóvel ou ainda informações sobre aposentadoria, como planos de previdência privada. Com a saúde financeira em dia, todos saem ganhando.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix