Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 01 de Abril de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 03 de Novembro de 2019, 11h:59
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Graduações da área da saúde são enriquecidas com abordagem holística

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Nova maneira de encarar os problemas de saúde pode ser a solução para garantir uma vida mais saudável

Divulgação

ColunaEducaçãoECarreira

É cada vez mais necessária uma visão humanizada dos processos da saúde. O atendimento integral e personalizado, que antes era possível apenas para quem dispunha de muito dinheiro, é uma realidade que vem sendo implementada em diversos serviços que atendem a população.

Com isso, diversas faculdades e universidades já vêm incorporando em suas grades alguns conteúdos que trazem os principais princípios éticos, para que os alunos possam aplicar essas novas informações na realidade em que irão atuar.

Professores de alunos da faculdade de odontologia, medicina e psicologia, por exemplo, têm buscado uma visão mais generalista, mostrando que os cuidados com a saúde não se esgotam com uma única especialidade e que tudo pode ser refletido no bem-estar das pessoas.

Ao invés de tratar apenas das áreas mais específicas de sua atuação, os profissionais devem olhar para o cenário como um todo, ficando mais simples encontrar as soluções e o tratamento mais adequado para os sintomas apresentados pelo paciente.

A tecnologia é um dos principais fatores responsáveis pela chegada desse debate às salas de aula. Com a democratização dos conteúdos online, é importante que os estudantes e os profissionais estejam aptos a fazer uma intermediação entre o certo e o errado que domina as redes e o que é verdadeiro ou falso.

Na área da biomedicina, os profissionais devem estar ainda mais à frente do seu tempo. O aumento das tecnologias nos exames de imagem e outros processos investigativos de prevenção de doenças tem feito com que os estudos estejam sempre se inovando, como acontece com a biologia molecular. De acordo com essa área de estudo, a simples análise do DNA pode ser o suficiente para encontrar diagnósticos mais precisos e oferecer um atendimento de alta qualidade aos pacientes.

Saúde humanizada
É necessário ressaltar que todo o estudo necessário para a formação de um médico especialista não significa que ele está preparado para atender. Além dos conteúdos mais técnicos sobre o assunto, uma boa formação em medicina deve incluir conteúdos que ajudem esse profissional a oferecer um atendimento mais humanizado e sensível às necessidades de seus pacientes.

A falta de sensibilidade ou de acolhimento por parte dos profissionais da saúde costuma figurar entre as principais críticas nas ouvidorias de clínicas e hospitais. Por isso, um atendimento alternativo que traga uma escuta ativa e exerça a habilidade da empatia pode ser essencial para o processo de cura de uma pessoa com enfermidades.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix