Campo Grande/MS, Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h:49
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Mais de 50% dos alunos de licenciaturas do país estão em cursos EAD

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Ensino a distância tem virado uma tendência nos últimos anos e deve se fortalecer mesmo após o período de pandemia

Divulgação

ColunaEducaçãoECarreira

Segundo dados do Censo da Educação Superior de 2019, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, os cursos de licenciatura são aqueles que têm a maior porcentagem de alunos matriculados na modalidade EAD.

De acordo com a pesquisa, cerca de 53% dos alunos brasileiros em cursos de licenciatura, ou seja, cursos que formam professores, estão na modalidade à distância. Entre as universidades privadas está a maior concentração das matrículas no ensino superior, sendo que sete em cada dez alunos estão em EAD.

A modalidade já foi vista com ressalva por alguns especialistas, que temiam que a formação de novos professores poderia ser prejudicada. No entanto, principalmente com a pandemia, foi possível perceber que os cursos EAD utilizam sofisticadas tecnologias de ensino para garantir que os alunos não percam a qualidade no ensino, prejudicando sua formação.

Popularização de cursos EAD
Os cursos à distância se popularizaram principalmente pelo baixo custo às instituições, que também refletem no valor das mensalidades para os alunos. Além disso, a possibilidade de assistir a aulas sem sair de casa e acompanhar alguns conteúdos a qualquer momento trouxe mais liberdade para os alunos brasileiros, que muitas vezes devem conciliar os estudos com o trabalho.

Situação da educação nacional
O Censo da Educação Superior de 2019 também apontou a primeira queda no número das matrículas no ensino superior desde 2013. O ano passado foram 1.250.076 pessoas ingressando em algum curso de formação superior, uma queda de 1% em relação ao ano anterior.

Já o curso que continua atraindo o maior número de alunos continua sendo o de direito, com 831.350 novos alunos em 2019. A faculdade de direito ocupa essa posição em popularidade desde 2014.

O segundo curso mais buscado, com mais matrículas, é o de pedagogia, que inclui a modalidade de licenciatura. O ano passado marcou o ingresso de 815.350 novos alunos para estudarem pedagogia nas universidades brasileiras.

Na sequência, o curso de administração apareceu em terceiro lugar em número de matrículas, com 645.777.

Apesar de números relativamente altos, eles começaram a cair, tanto nas instituições privadas, quanto nas públicas, o que desanima especialistas que esperavam que o Brasil pudesse ter um número maior de pessoas com formação no ensino superior.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix