Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 01 de Setembro de 2019, 12h:48
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Saiba como é possível mudar de profissão

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Planejamento, teste de aptidão e validação da escolha devem ser realizados para obter sucesso

Divulgação

ColunaEducaçãoECarreira

Seja por insatisfação financeira ou falta de realização pessoal, a mudança de carreira é uma realidade para muitas pessoas. A crise econômica e o clima de instabilidade reforçam o sentimento de que a pessoa poderia ganhar mais. Esse dado é apontado em levantamento do IBGE, referente ao primeiro trimestre de 2019. De acordo com o estudo, 7% das pessoas empregadas gostariam de trabalhar mais horas.

Pesquisa do Dieese aponta que o número de subocupados cresceu 66% desde 2015 e chegou a 6,8 milhões no primeiro trimestre de 2019. Com esse cenário adverso cresce o número de pessoas que decidiram mudar de carreira de forma forçada, como avalia o administrador e especialistas em carreira, Rodolfo Cunha, em entrevista ao portal Folha PE.

Cunha destaca que é necessário ter cautela e ao invés de abandonar o atual emprego de forma repen­tina, o mais indicado é fazer uma transição viável. Um teste de aptidão vai orientar, e o ideal é validar a escolha de forma paulatina e estruturada. “Planejamento não faz mal a ninguém e a pessoa tem que explorar, perguntando a outras pessoas que já fizeram isso para solidificar mais a escolha feita”, sugere Rodolfo.
 
Transição planejada
Procure nas redes sociais, em sites e entre seus amigos pessoais que já passaram por essa transição, pois só assim se tem um cenário real. O profissional reforça a importância do planejamento, por isso indica que os esforços se concentrem em uma organização com o estabelecimento de metas, prazos e indicadores que possam verificar e mensurar se a mudança realmente está surtindo o efeito esperado.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix