Campo Grande/MS, Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 31 de Julho de 2020, 15h:14
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Aras contra Lava Jato: “É hora de corrigir rumos para que o lavajatismo não perdure”

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Reprodução de vídeo

ColunaMarcoEusébio

Augusto Aras: 'A hora é a hora de corrigir os rumos para que o lavajatismo não perdure'

Augusto Aras voltou a criticar a Lava Jato e deixou claro que pretende acabar com a principal operação de combate à corrupção no Brasil para, segundo ele, priorizar direitos e garantias dos investigados. "A hora é a hora de corrigir os rumos para que o lavajatismo não perdure. Mas a correção de rumos não significa redução do empenho no combate à corrupção. Contrariamente a isso, o que nós temos aqui na casa é o pensamento de buscar fortalecer a investigação científica e, acima de tudo, visando respeitar direitos e garantias fundamentais" disse o procurador-geral da República em videoconferência com advogados na quarta (29). O chefe do Ministério Público Federal afirmou que em sua gestão, o MPF deixa de ter a punição como objetivo maior: "Mudamos o perfil de um Ministério Público punitivista. Saímos da ideia de um Ministério Público que teria, tal qual um caçador, que fica à margem de uma lagoa à espera de sua presa na madrugada, para flechar a sua presa" declarou. "Mudamos o perfil punitivista para dizer, sobre todos os aspectos, vamos modernizar o Ministério Público para que o Ministério Público aja preventivamente", acrescentou. Veja alguns trechos do vídeo reproduzido pelo site jurídico Migalhas.

 

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix