Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 10 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 03 de Dezembro de 2021, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Com votos de MS e até do PT, Senado aprova a PEC dos Precatórios do governo Bolsonaro

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Marcos Oliveira/Agência Senado

ColunaMarcoEusébio

Plenário do Senado durante a apreciação da PEC dos Precatórios, aprovada ontem

O Senado aprovou ontem em dois turnos a PEC dos Precatórios por 64 votos a 13. Os três senadores de Mato Grosso do Sul – Nelsinho Trad (PSD), Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (PSL) – votaram a favor da proposta, que teve apoio até da bancada do PT e abre caminho para o governo de Jair Bolsonaro pagar em ano eleitoral o Auxílio Brasil (novo Bolsa Família) de R$ 400 e libera espaço no Orçamento para gastos extras de R$ 106 bilhões. Para aprovar a PEC, o relator Fernando Bezerra (MDB-PE), que é líder do governo, fez concessões e acatou várias emendas, principalmente do MDB, PSD e PSDB. Entre as principais mudanças no texto está a vinculação de todo espaço fiscal aberto com o "subteto" para o pagamento de precatórios ao Auxílio Brasil e à Seguridade Social. O novo texto também limita o pagamento de precatórios até 2026 e não mais até 2036, como firmado antes. Como foi modificada, a proposta voltarà à Câmara dos Deputados. (Com O Globo e Congresso em Foco)

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix