Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 06 de Julho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 27 de Maio de 2022, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Estudo aponta suposta relação de consumo elevado de café com riscos para o coração

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Ilustração Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Homens seriam mais afetados por café expresso, e mulheres por café coado

Um estudo da  UiT The Arctic University of Norway, da Noruega, publicado na revista científica Open Heart, aponta que o método de preparo do café e a quantidade de xícaras consumidas por dia podem estar relacionados a riscos de problemas cardíacos. Homens são mais prejudicados ao consumir grandes quantidades café expresso, e mulheres são mais afetadas por beber grandes quantidades de café coado. O estudo avaliou dados de 21 mil pessoas acima de 40 anos, da cidade de Tromso. O consumo de três a cinco xícaras de café expresso por dia foi associado ao aumento de colesterol em homens em comparação com quem não toma a bebida. Já o consumo de seis xícaras ou mais por dia de café coado foi relacionado a níveis mais altos de colesterol em mulheres, mas não para homens. “Curiosamente, o café contém mais de mil fitoquímicos diversos. A ingestão de cada composto também depende da variedade de espécies de café, grau de torra, tipo de método de fabricação e tamanho da porção”, disse a professora Maja-Lisa Lochen, uma das autoras do estudo, à agência SWNS. A pesquisa é observacional, o que significa dizer que não foi encontrada relação direta de causa e efeito entre beber café e ter colesterol alto, mas as informações servem de base para estudos futuros que investiguem melhor o assunto. (Com Metrópoles)

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix