Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 31 de Maio de 2020, 10h:21
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Mulher de 103 anos supera a Covid e comemora tomando uma cerveja

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Fotos da família no Usa Today/Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Jennie Stejna com a neta Shelley e a bisneta Violet; e tomando a cerveja após a cura

A polonesa Jennie Stejna, de 103, conseguiu se recuperar depois de ser a primeira a testar positivo para coronavírus em uma casa para idosos dos Estados Unidos onde 33 foram infectados, e resolveu tomar uma cerveja para comemorar por ter se livrado da doença. A neta, Shelley Gunn, disse à imprensa que Jennie não entendeu muito o que era Covid-19, mas se sentia muito doente. Ela conta que chegou a receber um telefonema do asilo pedindo para ir visitar a avó e dizer adeus. No dia 13 de maio, Jennie já estava bem novamente. A polonesa viveu a maior parte de sua vida em Massachusetts, com o marido Teddy, que morreu aos 82 anos. Casados em 1938, os dois ficaram juntos por 54 anos. Segunda a neta, a avó é fã de beisebol. "Ela costumava sentar do lado de fora e ouvir os jogos do time de beisebol de Boston, o Red Sox, no rádio." Jennie Stejna tem dois filhos, três netos, quatro bisnetos e três tataranetos e seu maior desejo após ser curada e voltar a ver um jogo de beisebol. (Com Usa Today)

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix