Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 18h:36
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

“O STF tem que ter limites” afirma desembargador do TJMS

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

TJMS Divulgação

ColunaMarcoEusébio

Desembargador Paulo Alberto de Oliveira, do TJMS, se manifestou contra o que classificou como 'censura' do STF

O desembargador Paulo Alberto de Oliveira, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), enviou mensagem ao site O Antagonista em que classifica de "absurdoso, vergonhoso, inconstitucional e ilegal ato de censura" a ordem do ministro do Supremo, Alexandre de Moraes, para o site e a revista Crusoé retirarem do ar a matéria "O amigo do amigo de meu pai" em referência ao presidente do STF, Dias Toffoli. Veja a íntegra da mensagem publicada hoje pelo O Antagonista: "Estou estarrecido e perplexo com o que estamos vivenciando no âmbito do STF e do CNJ. Quero externar minha solidariedade contra o absurdo, vergonhoso, inconstitucional e ilegal ato e decisão de censura. Isso demonstra que determinados ministros estão acima da lei, acima do bem e do mal, e não devem satisfações a ninguém. Isso tudo tem que acabar. O STF tem que ter limites. Seus ministros têm que ser investigados e responsabilizados como qualquer mortal. Basta."

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix