Campo Grande/MS, Sábado, 15 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020, 18h:58
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Polícias do Paraguai e de MS investigam assassinato de jornalista na fronteira

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Sinjorgran/Divulgação

ColunaMarcoEusébio

Léo Veras era dono do site Porã News, editado em português e espanho, que denuncia ações de criminosos na fronteira

Forças policiais de Mato Grosso do Sul e do Paraguai investigam o assassinato do jornalista Lourenço (Léo) Veras, dono do site Porã News, editado em português e espanhol, que denuncia ações do tráfico e de organizações criminosas na fronteira, executado com pelo menos 12 tiros de pistola na noite anterior quando jantava com a família no quintal de sua casa, na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, vizinha a Ponta Porã (MS). Nascido no Paraguai, Léo Veras também tinha nacionalidade brasileira.

O secretário de Justiça e Segurança Pública de MS, Antonio Carlos Videira, disse hoje à imprensa que a vítima já havia recebido ameaças por criticar ações de narcotraficantes na região.  "Ele era contundente em críticas à ação do narcotráfico na região da fronteira e vinha recebendo ameaças", disse Videira. "Recentemente ele foi entrevistado em reportagem de alcance nacional denunciando as facções que agem na fronteira, especialmente o PCC. Por conta disso, sua relação com as autoridades e forças policiais era muito boa, mas certamente desagradava o crime", acrescentou o secretário.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da CCJ do Senado, escreveu hoje no Twitter: "A execução do jornalista do Porã News, Léo Veras, é mais um capítulo escrito pelo crime organizado. Não pode ficar impune. Ele noticiava o narcotráfico entre MS e o Paraguai. Sinal da urgência em investir na segurança nas fronteiras. Minha solidariedade aos familiares e amigos".

 

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix