Campo Grande/MS, Domingo, 13 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 14h:58
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Previdência: Maia destaca protagonismo da Câmara e não cita Bolsonaro e Guedes

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Luís Macedo/Agência Câmara

ColunaMarcoEusébio

Rodrigo Maia: 'Quem quer conhecer o Brasil, venha à Câmara dos Deputados. É aqui que vamos resolver os problemas do Brasil'

Antes de anunciar a aprovação em primeiro turno da reforma da Previdência com expressivos 379 votos a 131 ontem, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) discursou elogiando o Centrão e o deputado ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil). E, sem citar o presidente Jair Bolsonaro nem o ministro Paulo Guedes (Economia), destacou o protagonismo do parlamento, mandando um recado ao Planalto: "Aqui está a síntese da sociedade brasileira. Quem quer conhecer o Brasil, venha à Câmara dos Deputados. É aqui que vamos resolver os problemas do Brasil, a pobreza. As soluções passam pela política. E não haverá investimento privado se nós não tivermos uma democracia forte. Investidor de longo prazo não investe em país que ataca as instituições."

 

• • • • •

 

Onze deputados 'rebeldes' do PSB e 8 do PDT disseram sim à nova Previdência

Luís Macedo/Agência Câmara

ColunaMarcoEusébio

PSB teve onze 'rebeldes' votando sim e PDT oito. Teve também os que votaram 'não' contrariando seus partidos, como o Tiririca

A aprovação da reforma da Previdência em primeira votação ontem com 379 votos, bem acima dos 330 que o governo esperava, teve a adesão de 18 votos de deputados de duas siglas da oposição: onze dos 32 deputados do PSB e oito dos 27 do PDT votaram "sim", contrariando a orientação de seus partidos. Siglas que apoiavam a reforma também tiveram "rebeldes" votando "não", dentre eles alguns nomes conhecidos como o Tiririca (PL-SP) e os filhos do ex-governador do Rio Anthony Garotinho – Wladimir Garotinho (PSD-RJ) e Clarissa Garotinho (PROS-RJ).

 

• • • • •

 

Câmara aprova texto-base da nova Previdência - veja os votos de MS

Clodoaldo Silva, de Brasília para o www.MarcoEusebio.com.br

ColunaMarcoEusébio

Painel de votação da Câmara após aprovação da reforma da Previdência: no detalhe à direita os votos de MS

Com a presença de 510 dos 513 deputados, a Câmara aprovou por por 379 votos a favor e 131 contrários em plenário o texto-base reforma da Previdência. Dos oito deputados de Mato Grosso do Sul, seis votaram a favor da reforma: Beto Pereira e Rose Modesto (ambos do PSDB), Dr. Luiz Ovando e Loester Trutis (ambos do PSL), Fábio Trad (PSD) e Tereza Cristina (DEM). Votaram contra Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT). O resultado foi a principal vitória do governo de Jair Bolsonaro no Congresso, que aposta nas mudanças de aposentadoria para melhorar o cenário econômico. Por se tratar de Proposta de Emenda à Constituição (PEC 06/2019), eram necessários 308 votos dos 513 deputados federais. Agora, o plenário analisará destaques que sugerem alterações no texto aprovado. Só depois, a reforma será submetida a uma segunda votação na Câmara, antes de seguir para o Senado, onde precisará de 49 votos em dois turnos. No Twitter, Jair Bolsonaro cumprimentou a Câmara e escreveu: "O O Brasil está cada vez mais próximo de entrar no caminho do emprego e da prosperidade."

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix