Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 19 de Julho de 2020, 11h:57
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

4 dicas para escolher o modelo certo de MacBook

Por Alice Bachiega

Da coluna Tecnologia
Artigo de responsabilidade do autor

Entenda qual é a melhor versão e como pagar mais barato

Divulgação

ColunaTecnologia

Os sistemas da Apple e da Windows disputam a preferência dos usuários desde a década de 1980. Os MacBooks e os outros modelos de computadores de diversas marcas que utilizam Windows apresentam diferenças significativas no sistema operacional, na usabilidade e no design.


Apesar de ter um custo mais salgado, as qualidades da Apple fazem com que seus aparelhos apareçam no topo da lista de mais procurados, o que fez o MacBook ser o laptop mais vendido no mundo em 2016, segundo a Slice Intelligence. Atualmente, seu último lançamento está no mercado com valores a partir de R$ 10 mil.


Mas não é necessário pagar tudo isso para ter um notebook da marca. Dependendo da finalidade para qual o aparelho será usado, há modelos mais antigos que podem realizar bem o trabalho. Para não pecar pelo excesso e nem pela falta na hora de escolher qual modelo de MacBook comprar, confira as dicas a seguir.


1. Defina a finalidade
O primeiro passo para filtrar os modelos que existem é compreender para que o notebook será usado. Isso porque cada um dos aparelhos tem funcionalidades pensadas para atender necessidades distintas. O MacBook comum apresenta especificações mais antigas, por isso é indicado para o uso no dia a dia. Já sua versão Pro é feita para processar com mais eficiência programas pesados, geralmente utilizados por profissionais. No meio termo entre os dois, fica o MacBook Air, que apresenta bom desempenho, tanto para o trabalho, quanto para o entretenimento.


2. Saiba qual é seu orçamento
Outro filtro importante é o preço. Esse ponto vai indicar se realmente um computador premium é o melhor investimento. A Apple tem valores altos para todos os seus aparelhos no Brasil, e os computadores são as peças mais caras da marca. Então, é necessário considerar uma opção que caiba no bolso e apresente verdadeiro custo-benefício.


3. Pesquise a concorrência
Caso a funcionalidade buscada tenha de ser de alta performance, mas os preços dos Macs não são compatíveis com o planejado, é válido observar marcas que apresentem modelos com especificações similares. Asus Zenbook 3,  Dell XPS 13,  Lenovo ThinkPad X1, HP EliteBook Folio e Samsung S51 Pro são algumas das opções de alta qualidade por um preço mais baixo.


4. Dê uma chance aos usados
Os laptops Apple são conhecidos pela durabilidade, por isso, buscar por um modelo de notebook usado é uma opção viável, além de que o sistema operacional continua recebendo atualizações sem custo, o que permite processar softwares mais recentes sem a necessidade de trocar de computador tão rápido. Mas vale lembrar que, antes de fechar negócio com o atual dono, é necessário checar detalhes importantes como a duração da bateria e se o carregador é original.


Há também a opção dos chamados “refurbished”, produtos que já foram devolvidos à fabricante por problemas técnicos quando eram novos, foram consertados e agora estão à venda novamente. Nesse caso, as peças saem por preços mais acessíveis porque não são novas, mas, sim, recondicionadas.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix