Campo Grande/MS, Sábado, 04 de Dezembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 24 de Outubro de 2021, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

País em risco de extinção? Saiba qual é a situação da República das Maldivas

Por Raphael Granucci

Da coluna Viagens
Artigo de responsabilidade do autor

Aumento do nível dos oceanos coloca país em risco

iStock

ColunaViagens

No dia 21 de setembro, em Nova York, ocorreu a 76ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em que o tema era “Construindo resiliência por meio da esperança: para se recuperar de Covid-19, reconstruir a sustentabilidade, responder às necessidades do planeta, respeitar os direitos das pessoas e revitalizar as Nações Unidas”. Preocupado em debater as questões que assolaram o mundo durante e no pós-pandemia, o evento teve como líder o ministro das Relações Exteriores das Maldivas Abdulla Shahid, que ganhou a atenção para as questões climáticas e suas consequências no país.

 

Isso porque as Maldivas correm risco de ser um país extinto até o fim deste século, justamente por conta das mudanças climáticas, que tornaram o país uma nação vulnerável. De acordo com a ministra do Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Tecnologia das Maldivas Aminath Shauna, a República das Maldivas é o país mais vulnerável do mundo no que tange às questões climáticas, uma vez que está localizada em meio ao Oceano Índico. O nível dos oceanos corre o risco de subir mais de um metro nos próximos 80 anos, o que colocaria as Maldivas a apenas um metro acima do nível do mar.

 

Ainda de acordo com a ministra, “(...) o futuro do nosso país, o futuro do nosso povo, o futuro da nossa cultura, tudo depende da nossa ação hoje”. A contenção das mudanças climáticas e as previsões para o futuro do país são estudos essenciais para prever o próprio futuro da nação.

 

Por isso, cientistas de diferentes áreas, incluindo os presentes em faculdades de geografia, geologia, geofísica, oceanografia e outros, dedicam-se exclusivamente a estudos que fazem previsão do possível desaparecimento das ilhas das Maldivas pelos próximos anos. Desta maneira, o país já começou a implantar medidas como a contenção de emissões de carbono e também o planejamento de cidades flutuantes pelo país, para evitar que a nação seja literalmente engolida pelo mar.

 

A situação é preocupante, pois as Maldivas sobrevivem, sobretudo, por serem um destino turístico, talvez um dos mais famosos e requisitados do mundo. Com ilhas paradisíacas, praias, lagoas e recifes, são vários os turistas que vão às Maldivas passar as férias, e, com a situação, o país também corre o risco de perder uma de suas principais fontes de renda.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix