Campo Grande/MS, Domingo, 17 de Outubro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 10 de Outubro de 2021, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Viagens são prioridade para brasileiros após completar imunização

Por Raphael Granucci

Da coluna Viagens
Artigo de responsabilidade do autor

Pesquisa mostra que brasileiros já estão planejando próximas viagens

iStock

ColunaViagens

A saudade de viajar está batendo forte, não é? E não é para menos: depois de mais de um ano sob isolamento social para conter a contaminação de coronavírus, os brasileiros estão mostrando cada vez mais o desejo de fazer as malas para curtir um lugar novo. O avanço na vacinação, que hoje já alcança quase 45% da população imunizada com a segunda dose ou dose única, reflete diretamente nos números da COVID-19 no país: os números de casos e de mortes estão reduzindo consideravelmente, voltando para patamares mais baixos. Com isso, muitos brasileiros já voltam a planejar viagens para as próximas férias.

 

Uma pesquisa realizada pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas), em março deste ano, já havia previsto esse desejo de viajar, que foi considerado o maior de todos após a imunização completa contra a COVID-19. Quase 20% das três mil pessoas que participaram da pesquisa demonstraram interesse em viajar, sendo que o maior índice foi na região Centro-Oeste, com 25% das respostas; em segundo lugar, ficou a região Sul, com 22%.


Outra pesquisa feita pela Wise (voltada para transferências financeiras) e pela Morning Consult, em agosto deste ano, avaliou a vontade dos brasileiros de viajar para o exterior: um quarto dos entrevistados disse já estar planejando viagens para o exterior nos próximos seis meses. 88% dos entrevistados, inclusive, disseram que viajar para fora do Brasil é uma prioridade, assim que a situação pandêmica estiver mais controlada. Os brasileiros que querem viajar para o exterior relataram desejo de conhecer culturas novas (69%), visitar pontos turísticos essenciais dos locais a serem visitados (65%) e também viver experiências que não são oferecidas no Brasil (61%).


Na prática, isso significa que, muito em breve, a procura por passagem de avião aumentará de maneira significativa, uma vez que o Brasil não está longe de alcançar ao menos 60% da população inteiramente vacinada. Alguns pontos devem ser levados em consideração, porém alguns países ainda estão com restrições fortes, como Estados Unidos, Argentina, Uruguai e alguns países da Europa, como Inglaterra e França. Também há países que não permitem sua entrada a depender de qual vacina você tomou. Por isso, verifique as fontes oficiais de cada país que planeja visitar para seguir corretamente os protocolos de segurança e boa viagem!

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix