Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Janeiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 25 de Novembro de 2019, 13h:09
Tamanho do texto A - A+

Campo Grande e Concepción podem se tornar cidades Irmãs

Prefeitura e Paraguai iniciam tratativas para a parceria em desenvolvimento econômico

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/ PMCG

Campo Grande e Concepción podem se tornar cidades irmãs

Encontro do titular da Sedesc, Herbert Assunção e o secretário geral do Departamento de Concepción, Ignacio Romero Quevedo e o diretor do Parque Tecnológico e Industrial da cidade paraguaia, César Arriola

 

Na última sexta-feira (22) a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc), iniciou as tratativas para tornar Campo Grande e Concepción, no Paraguai, cidades Irmãs. Durante encontro do titular da Sedesc, Herbert Assunção e o secretário geral do Departamento de Concepción, Ignacio Romero Quevedo e o diretor do Parque Tecnológico e Industrial da cidade paraguaia, César Arriola, foram levantados aspectos econômico-sociais comuns nas duas cidades que servirão como pontos positivos para fortalecer integração sócio-econômica entre as partes.

 

Concepción está localizada na margem esquerda do rio Paraguai, 400 quilômetros ao norte de Assunção. A cidade é uma das principais referências históricas da colonização na região nordeste do Paraguai, servindo como porta de entrada para o impenetrável Chaco. Possui ruas tranquilas, moldadas por construções em estilo itálico, trazido pelos imigrantes que ali chegaram em meados de 1900. Prédios como a antiga sede dos Correios, o Forte Militar, o Palácio Municipal, o Mercado Público e os monumentos a Maria Auxiliadora e ao Índio, são alguns dos principais atrativos da área central, complementados por um Museu ao Ar Livre com exposição de objetos dos séculos XIX e XX.

 

Segundo assessoria um grupo de trabalho permanente está sendo formado a fim de propor ações de incremento à troca de informações, principalmente para desenvolvimento do comércio e produção tecnológica envolvendo os dois países. A cidade paraguaia já possui um Centro Tecnológico, por isso enxerga Campo Grande como um centro de logística privilegiado após a implantação da Rota Bioceânica, se tornando um parceiro comercial e tecnológico de grande importância no futuro. 

 

A comitiva paraguaia veio também em busca de informações sobre os Pólos Empresariais existentes em Campo Grande, em razão do interesse dos empresários do Departamento de Concepción em fortalecer a economia.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix