Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 16 de Outubro de 2020, 16h:13
Tamanho do texto A - A+

Chuvas ajudam a extinguir a maioria das queimadas

Mesmo com a situação menos intensa bombeiros e brigadistas continuam no combate

Elaine Silva
Capital News

Reprodução

Sul-mato-grossenses devem se mobilizar contra incêndio no Pantanal

Chuvas estão ajudando no combate

 

“São notícias que todos aguardavam, mas fica o alerta quanto à importância do monitoramento dos focos extintos, nos próximos dias, para evitarmos uma reincidência”, frisou o secretário Jaime Verruck, da Semagro (secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Alimentar), sobre os incêndios no Pantanal. 

 

Com bombeiros e brigadistas ainda em combate aos focos de calor que se concentram já em menos intensidade no Pantanal, a chegada das chuvas na região eliminou a maioria dos incêndios florestais. Porém conforme o relatório apresentado pelo tenente-coronel Waldemar Moreira, do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, aponta registro de focos de calor no entorno de Corumbá e Ladário e nas regiões do Rio Negro e na divisa do Estado com Mato Grosso, onde choveu na tarde desta quinta-feira. As chuvas contribuíram para extinguir os incêndios no Parque Estadual de Ivinhema, onde houve intenso combate com apoio de aviões Air Tractor nos últimos dias.

 

A força-tarefa montada pelo Governo do Estado redobra a vigilância em toda a área considerada crítica para garantir com segurança a extinção do fogo, que destruiu mais de 24% da planície pantaneira desde janeiro deste ano.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix