Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 24 de Julho de 2020, 16h:56
Tamanho do texto A - A+

Divórcio é realizado pela internet mesmo com uma das partes fora do Brasil

Defensoria Pública entra em contato com as partes e chega a acordo, que será aceito na justiça

Hélder Rafael
Capital News

Reprodução

Divórcio é realizado pela internet mesmo com uma das partes fora do Brasil

Divórcio é realizado pela internet mesmo com uma das partes fora do Brasil

A Defensoria Pública do Estado conseguiu realizar divórcio virtual e ainda resolver todas as pendências do caso, como guarda dos filhos, pensão e divisão de bens mesmo com uma das partes estando fora do Brasil.

 

O caso aconteceu em Miranda, região Oeste do Estado, e foi atendido pela defensora pública Maria Clara de Moraes Porfírio, titular da comarca de Miranda.

 

Conforme a defensora pública, a assistida solicitou o divórcio litigioso (quando não há um consenso entre as partes) por meio da plataforma digital, disponibilizada no portal oficial da instituição para atendimento durante o isolamento social provocado pelo novo coronavírus.

 

A Defensoria Pública entrou em contato com a outra parte, que aceitou formalizar a separação.

 

“Com o consenso de ambos, nosso único problema era que uma das partes estava na Bolívia. Como as fronteiras entre os países estão fechadas devido à pandemia da covid-19, utilizamos um aplicativo de mensagens para acertar todos os detalhes do divórcio, divisão de bens, guarda dos filhos e pensão alimentícia”, explicou a defensora pública.

 

Ainda segundo a defensora, todo o processo durou menos de um mês e agora segue para a homologação na Justiça.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix