Campo Grande/MS, Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 14h:43
Tamanho do texto A - A+

Governador desmente fake news sobre combate à covid-19

De acordo com Reinaldo Azambuja “pessoas sem compromisso”

Laryssa Maier
Capital News

Chico Ribeiro

Governador desmente fake news sobre combate à covid-19

Reinaldo Azambuja

Nesta terça-feira (2), durante entrevista coletiva à imprensa o governador Reinaldo Azambuja fez um alerta para fake news relacionadas ao combate à Covid-19 espalhadas em redes sociais por pessoas “que não têm compromisso nenhum com a verdade”.

 

Está circulando na internet um vídeo em que um homem, sem se identificar, acusa o Governo do Estado de deixar leitos de UTI abandonados no Centro de Convenções Albano Franco, em Campo Grande. Ele ainda diz que Mato Grosso do Sul está em lockdown, o que é mentira.

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) emitiu uma nota explicando que as camas hospitalares depositadas no centro de convenções pertenciam aos hospitais de campanha desativados na Capital e em Ponta Porã. A secretaria ainda teve que explicar a diferença entre camas hospitalares e leitos de UTI, que "precisam de profissionais especializados que fazem a gestão e manuseio correto de pacientes".

 

De acordo com a assessoria, ao alertar sobre a fake news, Reinaldo Azambuja afirmou que o Governo do Estado tem responsabilidade no enfrentamento à pandemia e disse que a SES está desempenhando um bom trabalho para preservar vidas.

 

"Eu não quero polemizar. Meu lado é preservar a ciência. Por isso Mato Grosso do Sul está se saindo bem no controle da pandemia em relação aos outros estados", pontuou. "Que as pessoas possam ter consciência, evitar aglomerações e manter o uso de máscaras", completou.

Reprodução de vídeo

Após repercussão de vídeo em redes sociais, SES esclarece sobre materiais hospitalares no Albano Franco

Matériasi armazenados no Albano Franco

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix