Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 15 de Junho de 2019, 10h:37
Tamanho do texto A - A+

Hospital dobra número de cirurgias em dois meses

Foram mais de 40 mil procedimentos ambulatoriais

Elaine Silva
Capital News

Governo do Estado/Divulgação

Hospital Regional de Ponta Porã realiza mutirão de cirurgias eletivas

Hospital dobrou o número de cirurgias em abril e maio 

O Hospital Regional de Ponta Porã, Dr. José de Simone Netto, em dois meses dobrou o número de cirurgias e o número de atendimento nos meses de abril e maio de 2019. A unidade também reativou dois leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e duas salas cirúrgicas. 

 

Conforme os dados repassados pela assessoria o número saltou de 73  em 2018 para 178 procedimentos em 2019.Os números positivos contabilizam ainda mais de 40 mil procedimentos ambulatoriais em abril e maio deste ano, o que representa mais de 40% de crescimento em relação ao mesmo período de 2018. Os procedimentos incluem diagnósticos clínicos, exames, consultas ambulatoriais e atendimentos de urgência e emergência. Já as internações dispararam saindo 924 para 1.455 nas especialidades de Clínica Médica, Ortopedia, Cirurgia Obstétrica e Pediátrica, além dos casos de UTI adulto. 

 

O Hospital Regional atende a população dos oito municípios da região sul do Estado e conta com 107 leitos, sendo 29 destinados a Clínica Cirúrgico-Ortopédica, 20 para a maternidade, 16 leitos na Clínica Pediátrica e 32 na Clínica Médica. A unidade também possui 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva.

 

Em consonância com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), o hospital está sob a gestão da Organização Social Instituto Acqua desde março desse ano. A empresa já conseguiu melhorias na produção, ampliação dos atendimentos e oferta de exames. Em apenas dois meses, com a recuperação do telhado, foram reativadas duas salas cirúrgicas e dois leitos de UTI, sendo que um deles estava fechado há 18 meses.

 

 Em comparativo realizado com o mesmo período de 2018 houve aumento de 143% nas cirurgias eletivas e aproximadamente 60% nas internações hospitalares. A gestão passada havia realizado 73 eletivas e, sob administração do Instituto Acqua, somaram 178 procedimentos. 

 

Equipamentos de ponta

 

Em abril, a unidade recebeu novos equipamentos para diversos setores. A medida efetivou a reabertura dos leitos paralisados pela administração anterior. Os equipamentos foram distribuídos entre o centro cirúrgico, UTI e Pronto Socorro. A lista foi contemplada com ventiladores mecânicos, monitores multi-paramétricos, cardioversores, aspiradores cirúrgicos, aparelho de eletrocardiograma, respiradores de transporte, bisturis e aparelho de anestesia.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix