Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 08h:46
Tamanho do texto A - A+

Mandetta quer Conecte SUS em metade dos Estados em 2021

Inovação já está em fase de teste no estado do Alagoas

Elaine Silva
Capital News

Foto cedida

Ministro Mandetta afirma que falta de vacina deve ser normalizada até dezembro

Programa Conecte SUS, em fase de testes no estado de Alagoas

“A ideia é propagar a informação entre os estabelecimentos públicos e privados. Desde que sejam atendidos todos os critérios técnicos de segurança”, informou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre o programa Conecte SUS. 

 

A ideia é  informatizar e modernizar a rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Conforme a entrevista para a Agência Brasil a expectativa do ministro é que o programa atinja metade dos estados brasileiros esteja no Conecte SUS até 2021. 

 

O programa Conecte SUS, em fase de testes no estado de Alagoas. “O piloto em Alagoas nos ajudará a ter esta visão do impacto do Conecte SUS. O primeiro objetivo é conectar todos os municípios, todas as unidades, para os gestores mapearem as necessidades. Com isso, o gestor pode gerenciar a unidade de saúde. Para um gestor estadual, é o conjunto de cidades e seus indicadores, para poder diminuir a mortalidade infantil e materna, melhorar a saúde mental, garantir o estoque de medicamentos, diminuir a interrupção de medicamentos, abastecer melhor a rede. Em Alagoas, teremos um retrato 3x4 do que vamos encontrar no Brasil no ano que vem. Temos a intenção de termos, até o final de 2021, mais da metade dos estados brasileiros cobertos”, disse o ministro. 

 

O uso de tecnologia para criar filtros e estabelecer parâmetros nos atendimentos agilizará as filas de espera e, também, auxiliará na distribuição de recursos estaduais e municipais de forma mais inteligente.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix