Campo Grande/MS, Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 13h:23
Tamanho do texto A - A+

Moradores do Pantanal vão receber energia elétrica

Programa "Ilumina Pantanal" vai distribuir energia para uma área de 90 mil km²

Laryssa Maier
Capital News

Chico Ribeiro

Moradores do Pantanal vão receber energia elétrica

Governador Reinaldo Azambuja acompanhado do secretário Jaime Verruck e do diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhais

Nesta terça-feira (02) o Governo de Mato Grosso do Sul e o Grupo Energisa lançaram o projeto "Ilumina Pantanal", que levará energia elétrica ainda neste ano para cerca de cinco mil pessoas que vivem em áreas remotas do bioma e que atualmente não conta com o serviço.  

 

Segundo o governador Reinaldo Azambuja, o projeto prevê a ligação de energia elétrica em 2.167 propriedades isoladas nos municípios de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Ladário, Miranda, Porto Murtinho e Rio Verde de Mato Grosso. Só neste ano, serão instaladas 1.300 unidades consumidoras. As outras 867 serão fixadas até 2022.

 

“Fizemos uma ampla parceria. Até o ano que vem atenderemos grandes, médias e pequenas propriedades, além de ribeirinhos e moradores tradicionais da região pantaneira. É um programa que abrange todos. Serão 90 mil quilômetros quadrados de nova cobertura. Estamos falando de uma área territorial que é quase o tamanho de Portugal, ou superior aos países da Dinamarca e Holanda juntos”, explicou Reinaldo Azambuja.

 

No total, o Grupo Energisa está investindo R$ 134 milhões no programa "Ilumina Pantanal". A partir de julho, a maioria das unidades consumidoras atendidas terão instalados microssistemas individuais de geração solar fotovoltaica e armazenamento da energia excedente em baterias. Dessa forma, o fornecimento de energia limpa e ininterrupta aos clientes fica garantido mesmo durante a noite e em dias chuvosos ou nublados, quando há pouca incidência da luz solar.

 

De acordo com a assessoria, o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), destacou que o "Ilumina Pantanal" reflete a política de desenvolvimento sustentável de Mato Grosso do Sul, implantada pelo Governo do Estado, e promove um salto na qualidade de vida da população de toda a região pantaneira, além de proporcionar ganhos significativos para as atividades econômicas das comunidades ribeirinhas e de produtores rurais.

 

“Temos a implantação efetiva de uma política pública, com o Governo Federal, Energisa e Governo do Estado promovendo a universalização do acesso à energia elétrica a todo o Mato Grosso do Sul. Estamos atingindo 100% do Pantanal, atendendo comunidades ribeirinhas e produtores rurais de toda a região, duas populações extremamente importantes", pontuou Jaime Verruck.

 

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix