Campo Grande/MS, Domingo, 23 de Fevereiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Trânsito
Segunda-Feira, 30 de Dezembro de 2019, 08h:31
Tamanho do texto A - A+

Ao fugir da PRF traficante atropela e mata irmãos

Vítimas estavam acompanhadas da mãe também atingida pelo carro

Elaine Silva
Capital News

 

Jornal da Nova

Ao fugir da PRF traficante atropela e mata irmãos

Higor e Heloá Glésia

<>Durante a fuga da Polícia Rodoviária Federal (PRF) o traficante José Humberto Júnior, 25 anos, perdeu o controle o carro, passou por cima da rotatória e atingiu Simone Silva e os filhos Higor Silva Barbosa, 11 anos e Heloá Glésia Gonçalves Nascimento, 20 anos. Caso aconteceu na noite do sábado (28) em Nova Casa Verde, distrito de Nova Andradina. 

 

Jornal da Nova

Ao fugir da PRF traficante atropela e mata irmãos

Veículo estava carregado com 160 quilos de maconha

José estava em fuga após furar o bloqueio da PRF. Conforme o delegado Caio Leonardo Bicalho Martins, titular da Delegacia de Taquarussu, o carro conduzido pelo acusado possui placas adulteradas da Bahia e está com restrições de roubo/furto. “Ele fugiu dos policiais da PRF depois de furar bloqueio durante uma abordagem de rotina na BR-267, dentro havia 160 quilos de maconha”, disse ao site Jornal da Nova.

 

Em depoimento o traficante contou o que estaria dirigindo a 160 km por hora durante a tentativa de fuga. Ele perdeu controle do veículo e a atingiu as vítimas no canteiro da rotatória da BR-267 com a rodovia MS-134. Os irmãos morreram na hora, já Simone foi encaminhada ao Hospital Regional por uma equipe do Corpo de Bombeiros e deve passar por cirurgia nos próximos dias, fraturou as pernas e teve ferimentos na cabeça.

José  informou para a polícia que recebeu adiantado R$ 4 mil para levar a droga de uma cidade próxima a Dourados até a Bahia, depois retornaria para São Paulo, onde atualmente reside e receberia o restante do dinheiro do transporte. Ele  foi preso em flagrante por tráfico de drogas, vai responder por duplo homicídio doloso pelas vítimas em óbito, lesão corporal e dirigir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix